Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15437
Title: Traços de personalidade na perturbação depressiva persistente
Author: Martins, Andréa
Advisor: Torres, Ana
Keywords: Psicologia
Psicologia da saúde
Problemas de personalidade
Depressão mental
Traços da personalidade - Avaliação
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Os domínios da personalidade podem ser sumariados em cinco dimensões. Contudo, esta concetualização tem sofrido algumas modificações surgindo evidências para o Modelo Hexaco. As dificuldades do diagnóstico associadas, à perturbação distímica têm levantado questões face à sua manutenção nas perturbações de humor. No seguimento desta alteração estrutural da personalidade e na dificuldade aquando do diagnóstico, a dissertação teve por base dois objetos de estudo: 1) estudo preliminar das propriedades psicométricas do HEXACO – 60 na população Portuguesa e, 2) estudo dos traços de personalidade entre uma população clínica e uma não clínica. A amostra contou, para o primeiro estudo, com 166 participantes, 118 do sexo feminino e 48 do sexo masculino com idades compreendidas entre os 18 e os 57 anos (M=26.21, DP=10.23) e no estudo 2 contou com 30 participantes pertencentes ao grupo clínico, todos do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 24 e os 63 anos (M=48.33, DP=10.23) e 30 participantes do grupo não clínico, todos do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 23 e os 55 anos (M=41.23, DP=9.63). Os instrumentos utilizados para o estudo foram o HEXACO-60, o NEO-FFI-20 e o PHQ-9. Os dois primeiros permitem o estudo da personalidade, enquanto o terceiro pemite a verificação da sintomatologia depressiva. Os resultados demonstram que o HEXACO-60 tem propriedades psicométricas satisfatórias que fazem dele um instrumento adequado para se avaliar a personalidade, apresentando correlações elevadas com o NEO-FFI e uma consistência interna superior. Verifica-se que há correlações significativas entre a sintomatologia depressiva e os traços de personalidade. Conclui-se que o HEXACO-60 é um instrumento potencialmente válido para a aplicação à população Portuguesa e há evidências para se reestruturar a classificação do diagnóstico da perturbação depressiva persistente. Para estudos futuros sugere-se a análise estatística com uma amostra maior, com a análise da variável expectativa e com estatísticas inferenciais mais robustas.
The domains of personality can be summarized in five dimensions. However, this conceptualization has undergone some modifications and evidence emerged for the HEXACO Model. The difficulties associated with the diagnosis of dysthymia have raised questions in relation to its maintenance in mood disorders. Following this structural change in personality and because of the difficulties regarding diagnosis, the dissertation was based on two study subjects: 1) preliminary study of the psychometric properties of HEXACO - 60 in a Portuguese sample, 2) the study of personality traits among a clinical and non-clinical population. The sample, for the first study, consisted in 166 participants, 118 women and 48 men aged 18 to 57 years (M=26.21, SD=10.23) and in study 2 were included 30 participants belonging to the clinical group, all female aged between 24 and 63 years (M=48.33, SD=10.23) and 30 participants in the non-clinical group all female and aged between 23 and 55 (M=41.23, SD=9.63). The instruments used for the study were the HEXACO-60, NEO-FFI-20 and PHQ-9. The first two allow the study of the personality, while the third is referred to health issues. The results demonstrate that the HEXACO-60 has satisfactory psychometric properties that make it a suitable tool to evaluate the personality, presenting high correlations with NEO-FFI and a higher internal consistency. It is also verified that there are significant correlations between depressive symptoms and personality traits. In this study we conclude that the HEXACO-60 is a potentially valuable tool for the application on the Portuguese population and there is evidence to suggesting the need for reformulation of the diagnosis of persistent depressive disorder. For future studies we suggest the statistical analysis with a larger sample, with the analysis of “expectation” variable and more robust inferential statistics.
Description: Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/15437
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf988.64 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.