Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15279
Title: Tuberculose: diagnóstico e prevalência no Centro Hospitalar do Baixo Vouga, E.P.E.
Author: Semedo, Romine Cleidy Pereira
Advisor: Mendo, Sónia
Ramalheira, Elmano José da Cruz
Keywords: Microbiologia
Tuberculose - Diagnóstico
Bactérias patogénicas
Epidemiologia
Infecções hospitalares
Resistência a antibióticos
Defense Date: 6-Jan-2014
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pelas bactérias do complexo Mycobacterium tuberculosis (MTC), que constitui um problema de saúde pública, afetando milhões de pessoas em todo o mundo. A melhoria das técnicas de diagnóstico tem sido uma grande valia para uma rápida deteção e identificação das micobactérias, contribuindo para um melhor controlo epidemiológico. No entanto, continua a ser um flagelo e uma ameaça para a saúde pública devido à emergência de estirpes resistentes aos anti bacilares. Neste contexto, este trabalho teve como principal objetivo o estudo do diagnóstico laboratorial e da prevalência da tuberculose no Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV), E.P.E. Para tal realizou-se um estudo retrospetivo entre Janeiro de 2008 e Dezembro de 2013, em que foi feito o levantamento de dados no laboratório de Microbiologia do Serviço de Patologia Clínica através do software APPOLO 2.0 e analisados com o auxílio do programa Microsoft Office Excel. Para cada caso de tuberculose foram recolhidas informações relativas ao sexo, idade, tipo da amostra, serviço requisitante, ao perfil de suscetibilidade do complexo Mycobacterium tuberculosis e a existência de coinfeção com VIH, assim como os outros fatores de risco relacionados com a TB. Ao longo dos últimos seis anos de estudo assistiu-se a uma oscilação da prevalência de tuberculose no CHBV, tendo-se registado um decréscimo em 2010 em relação a 2008, um ligeiro aumento em 2011, seguido de uma redução em 2012 e, novamente, registou-se um aumento da prevalência em 2013. Ao analisar os fatores de risco, constatou que deve-se dar especial atenção, a dependência de tabaco e álcool e a presença de diabetes mellitus, pois para além dos estudos feitos pelo CDC, neste estudo confirmou-se que são os fatores de risco mais relacionados em doentes com tuberculose ativa. Verificou-se que a maior parte dos isolados do complexo Micobacterium Tuberculosis apresentaram resistências à streptomicina e isoniazida. Estes dados mostram que ainda há muito para intervir com finalidade de erradicar a doença nesta população e o reconhecimento precoce da doença e a adoção de medidas eficazes de proteção são fundamentais. Este trabalho possui informações epidemiológicas importantes, uma vez que permite ao clínico ter uma abordagem terapêutica mais adequada à população abrangida pelo CHBV.
Tuberculosis is an infectious disease caused by Mycobacterium tuberculosis complex (MTC) which is a public health problem, affecting millions of people. The improvement of diagnostic techniques has been a great advantage for a quick detection and identification of mycobacteria, allowing a better epidemiological control. However, tuberculosis still a huge threat to public health due to the emergence of resistant strains to anti bacillus. This work had as main purpose to study laboratory diagnosis and the prevalence of tuberculosis in Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV). For that it has been conducted a retrospective study between January 2008 and December 2013, where data was collected in the laboratory of Microbiology of the Clinical Pathology Service using APPOLO 2.0 software and statistically analyzed with the Excell. For each case of tuberculosis were collected information on gender, age, type of sample, service, the profile of susceptibility of Mycobacterium tuberculosis and the existence of HIV infection, as well as other risk factors related to TB. Over the past six years the prevalence of tuberculosis in CHBV was subject of some oscillation. It was observed a decrease in 2010 when compared to 2008, a slight increase in 2011 followed by another decrease in 2012 and, again, there was an increased prevalence in 2013. To analyze the risk factors, it was found that should be given special attention, dependence on tobacco and alcohol and the presence of diabetes mellitus, because in addition to the studies by the CDC, this study confirmed that the risk factors are more related in patients with active tuberculosis. It was found that most of the isolates showed MTC resistance to isoniazid and streptomycin. These data show that there is still much to intervene with the purpose of eradicating the disease in this population and the early recognition of the disease and the adoption of effective protection measures are essential. This work has important epidemiological information, since it allows the clinician to have a better and suitable therapeutic approach in the treatment of the population covered by CHBV.
Description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/15279
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdfTese1.63 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.