Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/1496
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCosta, Carlospor
dc.contributor.authorSambugaro, Cristianepor
dc.coverage.spatialAveiropor
dc.date.accessioned2011-04-19T13:42:07Z-
dc.date.available2011-04-19T13:42:07Z-
dc.date.issued2008por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/1496-
dc.descriptionMestrado em Gestão e Desenvolvimento em Turismopor
dc.description.abstractNo Brasil, as instituições não lucrativas exercem também o papel do Estado na execução das políticas públicas, uma vez que os recursos financeiros são escassos e país geograficamente extenso. Tais execuções das políticas públicas acabam por exercer um papel importante no desenvolvimento do turismo, uma vez que, através de projectos sociais, provocam um processo de mudança social, tanto em nível cultural quanto ambiental. Desta forma, um dos maiores desafios hoje da gestão para o Terceiro Sector é envolver todos os actores sociais no processo, todos os beneficiários das acções sociais, o que se chama de Gestão Participativa. Para tanto, duas condições são necessárias: a articulação e a responsabilidade social empresarial (RSE). Em abordagens sobre o desenvolvimento em turismo, revelam-se as dificuldades das implantações das políticas publicas, e que o processo de gestão social implantado pelas organizações não lucrativas facilita a execução de tais políticas, ajudando no processo de crescimento. Sendo assim, através de uma análise das instituições não lucrativas do Estado de São Paulo – Brasil, esta investigação propõe uma reflexão sobre o real papel e importância do envolvimento do Terceiro Sector para o crescimento turístico local, principalmente através das áreas de actuação nas artes, cultura e meio ambiente. ABSTRACT: In Brazil, the non-profit organizations have the same role of the State in the execution of the public policies, considering that the financial resources are insufficient and the country geographically quite big. These public policies end up having an important role in the development of tourism, because, through social programs, they cause a continuous changing process, both culturally and environmentally. Therefore, involving all the social actors in this process is, nowadays, one of the main challenges of the Tertiary Sector management. This is the same as saying that all that beneficiaries from the social actions should be involved, which is commonly called Participative Management. To make this happen, two conditions are necessary: articulation and Corporate Social Responsibility. In approaches about development in tourism, the difficulties of implementation of public policies are revealed, and the process of social management of non-profit organizations helps the execution of such policies as well as the growth process. Considering all this, through an analysis of the nonprofit organizations from the State of São Paulo – Brazil, this investigation proposes a reflection about the real role and importance of involving the Tertiary Sector in the local tourism growth, mainly through areas connected with arts, culture and the environment.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade de Aveiropor
dc.relation.urihttp://opac.ua.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000221833por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectGestão do turismopor
dc.subjectEstratégias de desenvolvimentopor
dc.subjectDesenvolvimento sustentávelpor
dc.subjectOrganizações sem fins lucrativospor
dc.titleAnálise do papel do terceiro sector no desenvolvimento turístico local no Brasilpor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.levelMestradopor
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropor
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DEGEIT - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009000506.pdf617.39 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.