Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/14324
Title: A avaliação da materialidade em auditoria : problemática do julgamento profissional
Author: Pereira, Natália de Jesus
Advisor: Inácio, Helena Coelho
Keywords: Auditoria
Auditores
Auditoria financeira
Defense Date: 2014
Publisher: Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro
Abstract: A materialidade em auditoria é um conceito não suscetível de aplicação de uma fórmula matemática. Existem diversos fatores que influenciam o julgamento profissional do auditor na determinação da materialidade, nomeadamente ao nível da empresa auditada, da empresa de auditoria e das características intrínsecas do próprio auditor. A presente dissertação tem como objetivo conhecer os principais fatores (quantitativos e qualitativos) que influenciam o julgamento profissional do auditor, na determinação da materialidade, na fase de planeamento em auditoria. Os auditores, para definirem quantitativamente a materialidade, utilizam indicadores de referência e aplicam-lhe uma percentagem, que poderá variar, principalmente, em função do risco de distorção material da empresa a auditar. Deste modo, quanto mais elevado o risco de distorção avaliado para a empresa a auditar, mais baixa será a percentagem a aplicar, e vice-versa. De acordo com os resultados obtidos, os principais indicadores de referência utilizados pelos auditores são o volume de negócios, o total do ativo e o total do capital próprio. Os principais fatores qualitativos que influenciam a determinação da materialidade são o conhecimento do negócio e da entidade a auditar e as necessidades dos utilizadores das demonstrações financeiras. Assim, os resultados obtidos permitem concluir que, na determinação do cálculo da materialidade, o julgamento profissional do auditor em relação à escolha do indicador de referência e à percentagem a aplicar a tal indicador é influenciado por fatores qualitativos.
In auditing, materiality is a non-susceptible concept for applying a mathematical formula. There are several factors that influence the professional judgment of an auditor to determine the materiality, particularly in terms of the audited company, the audit company and the intrinsic auditor's charachter . The main goal of this thesis is to know the main factors (quantitative and qualitative) that influence the professional judgment of the auditor, determining the materiality when planning the auditing. The auditors, to define quantitatively the materiality, use benchmarking indicators and apply a percentage, which may vary mainly due the risk of material distortion of company to audit. Thus, the higher risk of distortion evaluated for the audit company, the lower percentage will be applied, and vice versa. According to the results, the main benchmarking indicators used by the auditor are the business volume, the assets and equity capital. The main qualitative factors that influence materiality determination are business, entities knowledge and the needs of the financial demonstrations stakholders. So, the obtained results indicate that, to determine the materiality, the auditor's professional judgment choosing the benchmark indicator and the percentage to be applied is influenced by qualitative factors.
Description: Mestrado em Contabilidade - Auditoria
URI: http://hdl.handle.net/10773/14324
Appears in Collections:ISCA-UA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf1.66 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.