Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/14173
Title: Mentira e ansiedade social : comparação de diferentes métodos de entrevista na deteção da mentira
Author: Santos, Sónia Marisa Póvoa
Advisor: Vagos, Paula Emanuel Rocha Martins
Keywords: Psicologia forense
Mentira
Comportamento social
Ansiedade
Psicologia do comportamento
Entrevistas - Psicologia
Defense Date: 2014
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Na área forense, a discriminação de inocentes e mentirosos é ainda um desafio. Um aspeto importante a considerar, no sentido de prevenir erros, são as características individuais. Neste estudo atentamos ao nível de ansiedade social, uma característica relevante a considerar, uma vez que pessoas com elevada ansiedade social se tornam suscetíveis de serem consideradas menos credíveis, podendo ser interpretadas como estando a mentir, mesmo dizendo a verdade. Pretendíamos ainda comparar os efeitos de dois tipos de entrevista na discriminação destes indivíduos. Deste modo, na amostra foram incluídas pessoas com diferentes níveis de ansiedade social. Foram entrevistadas a dizer a verdade ou a mentir, com recurso e comparação da entrevista de recolha de informação e da entrevista acusatória. Várias dimensões associadas à mentira (esforço mental, nervosismo, controlo do comportamento, detalhe e plausibilidade do discurso) foram avaliadas por observadores, aos quais foi pedido que discriminassem a veracidade dos discursos. Os resultados sugerem que os níveis de ansiedade social têm influência na avaliação do esforço mental, nervosismo e detalhe do discurso. Contrariamente ao esperado, os entrevistados inocentes com elevada ansiedade social foram nos dois tipos de entrevista mais corretamente discriminados do que os mentirosos com baixo nível de ansiedade social. As taxas de acerto foram mais favoráveis para os relatos obtidos com a entrevista acusatória, para todos os grupos exceto os entrevistados inocentes com baixa ansiedade social. Verificou-se que os níveis de ansiedade social podem influenciar a opinião sobre características relacionadas com a deteção da mentira o que em última instância pode afetar a tomada de decisão sobre a inocência dos suspeitos.
In the forensic field the discrimination of innocents and liars still is a challenge. A significant aspect to be considered to prevent errors are the individual characteristics. In this study, we included social anxiety levels, as a strong part of human behaviour and individual characteristic, in order to prevent wrongfully accusations or judgments. Since socially anxious people, despite their truth telling, are often consider less credible, and interpreted as being lying. Also intended to compare the effects of two types of interview in the categorization of these individuals. Therefore, the sample included people with different levels of social anxiety (high and low). They were interviewed telling the truth or lying, using the information-gathering interview, and accusatory interview methods. Several lying associated dimensions (mental effort, behaviour control, nervousness, plausibility and speech detail) were evaluated by observers, which were asked to judge the veracity of those statements. The results suggests that the social anxiety levels have influence in the evaluation of mental effort, nervousness and speech detail. Innocent interviewees with high social anxiety, contrary to expectations, were, in both interview styles, more accurately categorized than liars with low social anxiety. The accuracy rates were higher to the accusatory interview reports, for all groups except for the truth tellers with low social anxiety. It was observed the social anxiety levels may influence the opinion of characteristics related to lie detection which can ultimately affect the decision on the innocence of suspects.
URI: http://hdl.handle.net/10773/14173
Appears in Collections:DE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf660.99 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.