Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/14160
Title: How misleading information interferes with child eyewitness identification : effect of lineup type and age in target absent trials
Other Titles: Informação enganadora e testemunho ocular em crianças : efeito do tipo de alinhamento e idade em ensaios de alvo ausente
Author: Caldeira, Johanne Lia Emonts
Advisor: Santos, Isabel Maria Barbas dos
Keywords: Psicologia forense
Investigação criminal
Memória - Crianças
Reconhecimento facial
Defense Date: 2014
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Existing literature on eyewitness testimony indicates that there is a wide range of variables which interfere with the reliability of eyewitness identifications (e.g., eyewitness’ age, target presence in the lineup, presence of misleading information and the entity that delivers it, lineup type). The present study focused on the efficency of simultaneous versus sequential lineups in children eyewitness testimonies in the case of target absent lineups, with the insertion of misleading information. The effect of children’s age was also investigated. Hence, 55 children of two different age groups (4-5 years-old and 8-10 years-old), divided into two lineup type conditions, viewed four videos of fake CCTV footage that depicted minor thefts. After a brief interference task, the children were asked to identify the suspect seen in the video, if they believed that he was amongst lineup members. Answers were registered according to the lineup member chosen, and could be of four different types: correct (no lineup member was chosen), dummy (the filler with the misinformation described features was chosen), pseudo-target (the filler with highest resemblance to the suspect in the video was chosen) and other (any of the other four lineup members was chosen). Results showed that younger children identify more frequently the dummy in the lineups than older children, evidencing a greater suggestibility. Additionally, results showed that participants identified significantly more “other” lineup members in the sequential lineup than in the simultaneous one, possibly because of not being able to exclude these members from their choice as easily as in the simultaneous lineup, which permits a relative judgment. This study has the potential to aid forensic investigations envolving child eyewitnesses, in an effort to understand and improve testimony and lineup methodology.
A literatura tem vindo a demonstrar que existe uma diversidade de variáveis que interferem com a fiabilidade da identificações por testemunha ocular (e.g., idade da testemunha, se o é alvo ausente ou presente, presença de informação errónea e entidade que a introduz, tipo de alinhamento utilizado). O presente estudo teve como objetivo testar a eficácia do tipo de alinhamento utilizado (simultâneo ou sequencial), face à introdução de um enviesamento de memória, em crianças como testemunhas oculares perante alinhamentos de alvo ausente. Para tal, 55 crianças de faixas etárias diferentes (4-5 anos e 8-10 anos), separadas em dois grupos por tipo de alinhamento, visualizaram quatro vídeos que mimicavam metragens de câmaras de vigilância e retratavam um furto. Após uma breve tarefa de interferência foi pedido que identificassem o suspeito que tinham visto no vídeo, caso achassem que este se encontrava entre os membros do alinhamento. As suas respostas foram registadas de acordo com o sujeito que escolhiam ou não e podiam pertencer a um de quatro tipos: acerto (não escolher ninguém do alinhamento), dummy (escolher o membro com as características erróneas descritas), pseudo-alvo (escolher o membro com maior nível de semelhança ao perpetrador) e outro (escolher qualquer um dos restantes quatro membros do alinhamento). Os resultados demonstraram que as crianças mais novas identificaram um maior número de vezes o “dummy” do que as crianças mais velhas, demonstrando uma maior sugestionabilidade. Verificou-se ainda uma correlação significativa entre o alinhamento sequencial e a probabilidade de escolherem um dos outro quatro membros do alinhamento, possivelmente dado a não poderem utilizar um julgamento relativo como no alinhamento simultâneo de modo a excluir mais facilmente estes membros das suas escolhas. Este estudo tem o potencial de auxiliar investigações criminais relacionadas com testemunhas oculares menores de idade, no sentido de ajudar a compreender os erros e aperfeiçoar as técnicas de procedimento aquando do reconhecimento e identificação de suspeitos em alinhamentos.
Description: Mestrado em Psicologia Forense
URI: http://hdl.handle.net/10773/14160
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf553.45 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.