Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/13771
Title: Dinâmica macroeconómica sobre índices de ações e obrigações europeus
Author: Leandro, Lara João Pereira
Advisor: Madaleno, Mara Teresa da Silva
Keywords: Economia
Mercado de capitais - Europa
Obrigações
Acções (Bolsa de valores)
Defense Date: 2014
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O forte desenvolvimento do mercado de capitais, suscitado pela crescente globalização e a interação entre economias, especialmente as europeias, mostrou-se notável nas últimas décadas. Dada a estrita relação existente entre o mercado de capitais e a economia em geral, pelo seu papel de canalizador de poupanças para o investimento, surgiu o interesse na literatura pela exploração da mesma. Este trabalho investiga a dinâmica de relação entre as variáveis macroeconómicas (índice de produção industrial, inflação, preço do petróleo e meios monetários líquidos – M1) e os índices de ações e obrigações para oito países Europeus (Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Espanha, Grécia, Irlanda e Portugal). Para o período geral de maio de 1994 a março de 2012, numa base mensal, analisaram-se estas interações através de um modelo de vetor autorregressivo - VAR. Os resultados empíricos permitiram verificar que, entre os índices financeiros utilizados, o índice de ações é o que tem maior capacidade explicativa sobre os erros previsionais da variância de variáveis macroeconómicas, bem como o forte poder explicativo que exerce sobre o índice de obrigações. Conseguimos também constatar que existe uma relação estreita entre os mercados do petróleo e os mercados financeiros, dada a capacidade de resposta capturada pelas funções impulso resposta no curto prazo, e a capacidade explicativa evidenciada pela decomposição da variância. Todavia, existe maior correlação entre variáveis macroeconómicas e entre índices do mercado financeiro, do que entre os dois grupos.
The strong development of capital markets rose fundamentally through globalization and the economies interaction, especially the European ones, has showed notable in the last decades. Given the strict relationship among capital markets and the general economy, by its role of channeling savings for investment has raised the interest in the literature in exploring these links. This work examines the dynamic relation between macroeconomic variables (industrial production index, inflation, oil prices and liquid monetary means – M1) and the indexes of both stocks and bonds for eight European countries (Germany, United Kingdom, France, Italy, Spain, Greece, Ireland and Portugal). For the general period between May 1994 and March 2012, on a monthly basis, it has been analyzed these interactions through a vector autoregressive model – VAR. The empirical results allowed us to verify that among the financial indexes used, the stock index is the one which possesses the strongest explanatory capacity over the variance provisional errors of macroeconomic variables, as well as the strongest explanatory power it exerts over the bond index. We were also able to verify that there exists a straight relationship between the oil markets and financial markets, given the captured answer capacity through impulse response functions in the short run, and the explanatory capacity showed by the variance decomposition. However, there exists stronger correlation among macroeconomic variables and between financial market indices, than between these two groups.
Description: Mestrado em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10773/13771
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.