Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/12623
Title: Fatores que afetam a diversidade de anfíbios no Baixo Vouga Lagunar
Other Titles: Factors affecting the diversity of amphibians in Baixo Vouga Lagunar
Author: Torres, Inês Salgueiro
Advisor: Fonseca, Carlos Manuel Martins Santos
Ferreira, Eduardo Manuel Silva Loureiro Alves
Keywords: Gestão de ecossistemas
Anfíbios - Baixo Vouga (Portugal)
Zonas humidas
Defense Date: 2013
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Apesar do importante papel que desempenham nos ecossistemas, os anfíbios estão a diminuir, a nível global. Assim, de modo a tentar preservar as suas populações, é imprescindível conhecer os fatores que afetam a sua presença nos ecossistemas. A região do Baixo Vouga Lagunar é uma área muito heterogénea, com habitats sazonal ou permanentemente alagáveis que reúnem condições ideais para o estabelecimento de diversas espécies animais e, em particular, dos anfíbios. Com este trabalho pretendeu-se identificar padrões de abundância, diversidade e distribuição de anfíbios em diferentes habitats do mosaico que compõe a área do Baixo Vouga Lagunar, bem como identificar os fatores que os influenciam. Para isso, foram aplicadas diversas metodologias, de forma padronizada, de modo a tentar detetar anfíbios com diferentes modos de vida, e em diferentes estádios de desenvolvimento. O estudo teve a duração de um ano completo. Na amostragem sistematizada foram identificadas 12 espécies de anfíbios nesta área, o que corresponde a aproximadamente 70% das espécies de anfíbios existentes em Portugal. A disponibilidade alimentar (medida através da disponibilidade de insetos) teve particular importância na composição da comunidade de anfíbios, sendo selecionada nas análises de redundância, realizadas com dados de abundância e incidência de anfíbios. Os resultados obtidos com os modelos lineares generalizados mistos revelaram que os modelos que melhor explicam a riqueza de anfíbios no Baixo Vouga Lagunar incluem variáveis relacionadas com a presença humana, bem como com a disponibilidade de água e de alimento. A distância ao poço mais próximo revelou ser a variável que melhor explica a riqueza de anfíbios, mostrando que nesta área os anfíbios conseguiram adaptar-se e até obter benefícios da presença humana, principalmente em áreas agrícolas e em habitats tipicamente associados a água salobra, como sapais e juncais. Os habitats naturais são no entanto cruciais para os anfíbios do Baixo Vouga Lagunar, salientando-se as massas de água temporária, cuja importância para os anfíbios se reforça neste trabalho, e que devem ser alvo de ações de conservação.
Despite the important role amphibians play in ecosystems, they are disappearing globally. Thus, in order to protect their populations, it is essential to know the factors affecting their presence in a given location. The Baixo Vouga Lagunar is a very heterogeneous area, with seasonal or permanent floodable habitats which gather ideal conditions for the establishment of different animal species, particularly amphibians. This study aims to detect abundance, diversity and distribution patterns of amphibians in the mosaic of habitats that constitutes the Baixo Vouga Lagunar, as well as to identify the factors that affect them. To achieve this, several standardized methods were applied, trying to detect amphibians with different lifestyles, and in different stages of development. The study was carried out during a year. In the systematic sampling 12 species of amphibians were found in this area, which corresponds to about 70% of existing amphibians species in Portugal. The food availability (measured by insect availability) was revealed to be particularly valuable in the amphibian community composition, being selected in the redundancy analyses, performed with both the amphibian abundance and incidence data. The results obtained with the generalized linear mixed models revealed that the models which best explain the amphibian richness in the Baixo Vouga Lagunar region include variables related to human presence, as well as with water and food availability. The distance to the nearest well revealed to be the variable which best explain amphibian richness, showing that, in this area, amphibian were able to adapt and even obtain benefice from human presence, mostly in farmed land and in habitats typically associated to brackish water, as marshes and reeds. However, natural habitats are crucial for Baixo Vouga Lagunar amphibians, with emphasis to temporary water mass, which value to amphibians is reinforced in this study, and that should be target of conservation actions.
Description: Mestrado em Biologia Aplicada - Ecologia, Biodiversidade e Gestão de Ecossistemas
URI: http://hdl.handle.net/10773/12623
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdftese39.82 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.