Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/12424
Title: As perguntas e as explicações dos alunos em ciências
Author: Apolo, Helena Maria Pé-Curto
Advisor: Almeida, Patrícia Glória Soares de Albergaria de
Keywords: Didáctica das ciências
Ensino da física - Ensino básico 3º ciclo
Ensino da química - Ensino básico 3º ciclo
Motivação dos alunos
Explicação - Alunos
Técnicas pedagógicas
Técnicas de interrogação
Defense Date: 2013
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A exploração das perguntas dos estudantes e das suas explicações, relativas a situações-problema, são os fios condutores deste estudo, tomando como pano de fundo a educação em ciências. Como tal, investigámos a possibilidade de se estabelecer uma relação entre as perguntas formuladas pelos alunos e as suas explicações, e também em que medida a existência de perguntas prévias, formuladas pelos alunos, propicia uma melhoria nas suas explicações, em ciências. Realizámos este estudo com alunos de uma turma do 8º ano de escolaridade, que frequentavam as aulas de Ciências Físico-Químicas. O estudo incidiu sobre a unidade temática “reações químicas”, mais precisamente, sobre o tema ácido-base. Nesta investigação optámos por uma abordagem do tipo qualitativo em contexto naturalista, e cujo método de investigação foi um estudo de caso. Considerámos ser esta a abordagem mais apropriada para alcançar os objetivos propostos. A recolha de dados foi feita através de observação direta, registos da professora/investigadora (notas de campo) e análise documental das produções escritas dos alunos, que envolveram três situações-problema distintas, relacionadas com contextos do quotidiano. Relativamente ao tratamento de dados, os dados qualitativos foram sujeitos a análise de conteúdo, orientada por categorias de análise que permitiram explicar ou explorar as questões em estudo, e recorremos ao tratamento quantitativo de alguns dados. Os resultados desta investigação sugerem que ao longo do estudo, há um aumento progressivo de perguntas de compreensão e uma diminuição gradual das do tipo enciclopédico. Já relativamente às explicações, a situação-problema que envolveu uma atividade laboratorial foi a que promoveu um menor número de explicações incorretas. Verificou-se ainda, que os estudantes que elaboraram previamente perguntas, não produziram mais explicações esperadas que os restantes alunos, mas quando confrontamos as perguntas e explicações formuladas pelos mesmos alunos, constatamos que a maioria deles consegue formular uma explicação esperada ou incompleta, para cada situação-problema. Esta situação pode revelar-nos que, estando a produção de uma explicação associada a uma tentativa de reestruturação e reorganização do pensamento, as perguntas prévias poderão ter funcionado como bons diretores para esta ocorrência.
The exploration of students’ questions and their explanations, related with the problem situations, are the guiding threads in this study bearing in mind the education in Science. Therefore, we investigated the possibility of establishing connections between the questions formulated by students and their explanations and the extent to which the existence of previous questions posed by students promotes an improvement in their explanations in the field of science. We have carried out this investigation with 8th grade students attending Physics and Chemistry lessons. This study focused on the theme Chemical Reactions, more specifically on the topic Acid Base. In this investigation we opted for a quality–based approach in a naturalist context and the investigation method was based on a case study. We have considered this was a suitable approach to reach the goals aimed at. The data collection was done through direct observation, the recording of information by the teacher/investigator and the documental analysis of the students’ written production which involved three different problem situations, related with daily contexts. With regard to data treatment, the quality data were subject to content analysis, oriented by categories of analysis which allowed us to explore and explain the questions in study, we also resorted to the study in quantity terms of some data. The results of this investigation suggest that throughout time there is a progressive increase of comprehension questions and a gradual decrease in the encyclopedia type questions. As far as the students’ explanations are concerned, the problem situation which involved laboratory activity was the one which gave rise to a fewer number of incorrect explanations. We have also seen that the students who had previously formulated questions did not produced more expected answers than the rest of the other students but when we confront the questions and explanations formulated by those same students we verify that most of them are able to formulate an expected or incomplete explanation for each problem situation. This situation may reveal that, being the production or the explanation associated to an attempt of restructuring and reorganization of thought, the previous questions might have worked as good guides in this process.
Description: Mestrado em Didáctica
URI: http://hdl.handle.net/10773/12424
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdftese1.94 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.