Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/1202
Title: Monsaraz e a sua identidade
Author: Correia, Teresa Alberto Rosado
Advisor: Mota, João
Nunes, João Manuel Nunes Tavares
Keywords: Design
Marcas
Turismo cultural
Defense Date: 2009
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O tema proposto ocorreu através de conhecimentos de uma experiência “in loco” numa vila tão característica como a de Monsaraz, baseada na ausência de informação e comunicação, transmitida pelo sentido da visita. Um património que ostenta uma paisagem, um monumento, uma simples habitação, uma história, uma identidade própria, não desvendada, cujos traços, pistas e marcas, resultam na maioria das vezes, da acção do Homem. Temos que reconhecer, que essa humanização das paisagens é um fenómeno a caminho da diversificação, sendo por vezes uma gestão identitária para determinadas zonas. Da convergência inevitável desta diversidade de vectores, emerge a distinção dos sistemas da realidade de perda patrimonial, procura fundamental da identidade e de informações inexistentes, caso visível na Vila de Monsaraz. Tendo uma abordagem tão inédita como a Barragem do Grande Alqueva, Monsaraz sente-se no dever de acompanhar o facto, preservando o património, no qual se equaciona toda a sua confluência e complexa rede de consequências, limitações, riscos e vantagens. Contudo, pretende-se construir e apresentar, abordando uma metodologia coerente face ao tema, uma análise e compreensão da referida Identidade e Marca da Vila de Monsaraz. Assim, desenvolvendo outras formas de comunicação, requer-se apresentar uma evolução na comunicação de informação e divulgação. ABSTRACT: The theme occurred through knowledge of on-site experience, in a village as characteristic as Monsaraz, based on the lack of information and communication, transmitted by the sense of the visit. A heritage that possesses a landscape, a monument, a simple house, a story, a specific identity not revealed, whose traces, tracks and marks, result in most cases, by human action. We must recognize that this humanization of the landscape is a phenomenon on the way of diversification, becoming sometimes an identity management for certain areas. From the inevitable convergence of this diversity of vectors emerges the distinction of the systems related to the loss of heritage reality, a crucial demand of the identity and missing information, visible in the village of Monsaraz. Having an approach as unprecedented as the Wide Alqueva dam, Monsaraz feels duty-bound to follow this fact, by preserving heritage, and by considering it in all its confluence and complex web of consequences, limitations, risks and rewards. However, it is intended to build and present a coherent methodology regarding the topic, an analysis and understanding of the mentioned Identity and Brand of Monsaraz village. Therefore, by developing other forms of communication, it is required an evolution in the present communication and information dissemination.
Description: Mestrado em Design
URI: http://hdl.handle.net/10773/1202
Appears in Collections:DECA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
2010000427.pdf30.45 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.