Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/11333
Title: Os anglicismos no alemão contemporâneo - frequência, distribuição e integração
Author: Carvalho, Sara Micaela Pereira
Advisor: Espírito Santo, Francisco Manuel Cruz do
Keywords: Língua alemã
Língua inglesa
Anglicismos
Defense Date: 2008
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente estudo pretende analisar um conjunto de exemplos de slogans em Inglês e em Alemão, com o propósito de verificar se, nesse contexto específico, a utilização do Inglês assume, de facto, contornos “excessivos”, como parece ser a opinião de muitos falantes nativos de Alemão ou se, pelo contrário, se concentra, sobretudo, em sectores específicos, como estudos relativamente recentes parecem sugerir. Partindo da moldura teórica do contacto de línguas e das relações de empréstimo, procedeu-se, ainda, a uma análise exaustiva do corpus tendo por objectivo a identificação dos vários níveis de integração dos anglicismos seleccionados nos vários subsistemas da língua alemã: grafemática, fonética e fonologia, morfologia e formação de palavras, léxico e semântica e ainda aspectos estilísticos. De uma maneira geral, foi possível concluir que a grande maioria dos anglicismos está em pleno processo de adaptação às regras alemãs, sendo ainda relevante destacar o facto de a presença mais forte da língua inglesa se verificar em sectores específicos e não em todas as áreas. São ainda feitas sugestões para futuros trabalhos de pesquisa (de âmbito contrastivo), bem como para uma possível reorganização da terminologia que serve de base aos diferentes tipos de empréstimo.
This study aimed at a thorough analysis of examples of slogans both in English and in German, in order to verify if, in this specific context, the presence of English is, indeed, excessive, as many German speakers seem to think, or, on the contrary, if it focuses on specific areas, as recent studies seem to suggest. Bearing in mind the theoretical framework that characterises the phenomena of language contact and loanwords, the study tried to identify the different levels of grammatical integration of the selected anglicisms in the several subsystems of the German language, such as graphematics, phonetics and phonology, morphology and word formation, lexicon and semantics and some stylistic aspects. Overall, it was possible to conclude that the majority of the selected anglicisms is undergoing adaptations to the German rules. It is also relevant to emphasise that the presence of the English language occurs mainly in specific sectors, and not in all areas. Finally, suggestions for future research are put forward, namely the expansion of contrastive studies using Portuguese and German, as well as the need to reflect upon and possibly reorganise the terminology in which the different types of loanwords are based on.
Description: Mestrado em Estudos Alemães
URI: http://hdl.handle.net/10773/11333
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DLC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2048.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.