Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10712
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartins, José Manuelpt
dc.contributor.advisorCastro, Eduardo Anselmopt
dc.contributor.authorMarques, João José Lourençopt
dc.date.accessioned2013-07-04T11:50:08Z-
dc.date.available2013-07-04T11:50:08Z-
dc.date.issued2002-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/10712-
dc.descriptionMestrado em Inovação e Políticas de Desenvolvimentopt
dc.description.abstractTodos os bens e serviços produzidos numa economia estão directamente ou indirectamente associados ao uso de energia e, de acordo com o tipo de combustível utilizado, com as emissões de gases com efeito de estufa. Devido à sua contribuição para o aumento da concentração destes gases, as actividades humanas são consideradas responsáveis pelas alterações climáticas que constituem uma das mais sérias ameaças ambientais ao nível global, com fortes impactos ao nível social, económico e ambiental. A definição de indicadores que meçam a sustentabilidade do desenvolvimento pode constituir um instrumento precioso para desenvolver uma estratégia que tenha em consideração as opções de redução e controlo de gases com efeito de estufa, permitindo diferenciar as práticas de desenvolvimento sustentáveis das insustentáveis. Nesta dissertação é aplicada a metodologia Input-Output para avaliar os impactos da redução de emissões de dióxido de carbono nas actividades da economia portuguesa. Esta abordagem permite estimar as emissões de dióxido de carbono associadas a uma variação da procura final, considerando diferentes cenários de crescimento da economia portuguesa. Os resultados obtidos indicam que os limites estabelecidos pelo Protocolo de Quioto, isto é, o direito de Portugal aumentar 40% as suas emissões de dióxido de carbono, até 2010 serão ultrapassados. A maior responsabilidade nas emissões de CO2 é atribuída aos ramos económicos consumidores de energia: Produção e distribuição de electricidade e Transportes e, em geral, todo sector secundário. Portugal deverá adoptar medidas que contrariem e invertam a tendência das projecções apresentadas, caso contrário terá que adquirir direitos de emissão com custos acrescidos. Estas medidas devem ser as mais eficientes, isto é, aquelas que para a obtenção dos mesmos resultados exijam menos custos para a economia. Instrumentos como a análise input-output permitem obter uma avaliação quantitativa que sustente a tomada de decisão sobre os instrumentos a usar para a redução dos gases com efeito de estufa.pt
dc.description.abstractThe goods and services produced within an economy are directly or indirectly associated with energy consumption, as well as, according to the type of combustible, with the emission of greenhouse gases. Human activities, due to their contribution for the increase of those gases concentration, are regarded as the main source of climate changes. These changes are one of the most severe global environmental menaces, exerting strong social, economic and environmental impacts. The definition of indicators able to measure development sustainability may be a precious tool to develop a strategy concerned with the options to reduce and control the emission of greenhouse gases, allowing for the differentiation among sustainable and unsustainable development practices. In this dissertation one applies the Input-Output methodology in order to evaluate the impacts of reducing the emissions of carbon dioxide in the Portuguese economic sectors. This approach allows for the estimation of carbon dioxide emissions related to final demand variations, considering different growth scenarios for the Portuguese economy. The results obtained indicate that the limits established by the Kyoto protocol, that is, the Portuguese right to increase carbon dioxide emissions in 40%, will be overcome until 2010. The economic sectors which are the major source of CO2 emissions are the major energy consumers: Electricity production and supply, Transportation and the Industrial sectors. In this context, Portugal should adopt adequate measures to revert the trends shown by the prospective work developed in this dissertation, in order to avoid the acquisition, with increased costs, of emission rights. These measures, to be effective, should be aimed to obtain the same results without increasing costs. Analytical instruments such as the input-output approach allow for a quantitative assessment which can support the decision-making processes aimed at the reduction of greenhouse gases.pt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade de Aveiropt
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEmissões gasosas - Impacto ambientalpt
dc.subjectEfeito de estufapt
dc.subjectAlterações climáticaspt
dc.titleAnálise input-output como instrumento de avaliação dos impactos das medidas de redução de emissões de CO2pt
dc.typemasterThesispt
thesis.degree.levelmestradopt
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt
Appears in Collections:DCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Definitiva_IO_2003.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.