Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10690
Title: Integrated approach to teaching English in primary and preschool
Other Titles: Abordagem integrada ao ensino do inglês no 1ª CEB e no pré-escolar
Author: Lucas, Carmen Manuela Pereira Carneiro
Advisor: Albuquerque, Maria de Fátima Mamede de
Rei, José Esteves
Keywords: Ensino de uma segunda língua
Língua inglesa: Educação pré-escolar: Ensino básico 1º ciclo
Ensino da escrita
Ensino da leitura
Técnicas pedagógicas
Defense Date: 21-Feb-2013
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho de investigação apresenta um estudo que procurou observar comportamentos de literacia emergente numa língua estrangeira (Inglês) em contexto da educação pré-escolar. Procedeu-se à conceção e implementação de uma abordagem integrada ao ensino da língua inglesa, através numa abordagem metodológica inspirada no paradigma investigação-ação, percecionada como oportunidade de inovação pedagógica e de formação de professores. O estudo foi desenvolvido em simultâneo no 1ºCEB, tendo como principal objetivo comparar os comportamentos e atitudes dos alunos de outra faixa etária relativamente aos comportamentos de literacia em língua estrangeira. Os dados foram recolhidos através da observação, gravação de aulas, posteriormente transcritas, diários do investigador, questionários, portfolios dos alunos e entrevistas semi-estruturadas a especialistas na área da pedagogia de línguas estrangeiras, analisados através da aplicação de técnicas de análise de conteúdo como procedimento de análise do corpus. Os resultados demonstram a relevância de abordagens integradas de cariz lúdico na promoção de comportamentos de leitura e escrita emergente, estimulando assim motivação intrínseca nas crianças pela aprendizagem da língua e cultura-alvo. Por conseguinte, os comportamentos observados de literacia emergente em língua estrangeira permitem estabelecer uma analogia com as crianças bilingues, na medida em que ao aprenderem uma outra língua desenvolvem em sincronia a sua flexibilidade mental e estratégias de auto-regulação em diversas áreas de conhecimento. Os resultados permitem ainda concluir que estratégias promotoras de motivação intrínseca como o lúdico e o storytelling são vitais na sensibilização à diversidade linguística e cultural, por oposição aos resultados evidenciados pela estratégia nacional para o ensino de línguas estrangeiras no 1.ºCEB. As principais implicações deste estudo sugerem a possibilidade de generalização da língua estrangeira na educação pré-escolar, sendo esta etapa compreendida como um período privilegiado na prevenção de insucesso na leitura e escrita na aprendizagem de uma língua estrangeira. Deste modo, a educação pré-escolar pode ser considerada como um tempo fundador do futuro linguístico das crianças, numa perspetiva de educação linguística ao longo da vida.
The current research work presents a study which sought to observe emergent foreign language literacy behaviours in a foreign language (English) in a preschool setting. Therefore we proceeded to the design and implementation of an integrated approach to teaching English, through a methodology inspired in the action-research paradigm, here understood as an opportunity of pedagogic innovation and teacher training. The study was carried out simultaneously in primary schools, with the main purpose of comparing the attitudes of older learners regarding their foreign language literacy behaviours. The data were collected through lesson observation and audiorecording, further transcribed, research diaries, questionnaires, portfolios and semi-structured interviews to specialists in foreign and second language pedagogy. The adopted procedure to analyze the corpus was the application of content analyses techniques. Results demonstrate the significance of playful integrated approaches in the enhancement of emergent reading and writing behaviours, thus stimulating preschool children’s intrinsic motivation in learning the target language and culture. Thus, the observed emergent reading and writing behaviours allow setting an analogy with bilingual children, considering that in the process of learning a foreign language, they develop at the same time their mental flexibility as well as self-regulatory behaviours in several areas of knowledge. The results also allow stating that motivational strategies that enhance intrinsic motivation such as play and storytelling are critical in raising cultural and linguistic awareness, in contrast with the findings obtained at the primary school level of education through the English democratization programme. Therefore the main implications of this study suggest the possibility of entitling preschool children to foreign language education, being this period understood as unique in preventing reading and writing failure when learning a foreign language. As such preschool education might be considered as a foundation stage in children’s linguistic future, in a perspective of lifelong education.
Description: Doutoramento em Didáctica e Desenvolvimento Curricular
URI: http://hdl.handle.net/10773/10690
Appears in Collections:UA - Teses de doutoramento
DEP - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdf14.94 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.