Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10452
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlves, André Azevedopt
dc.contributor.authorGuerra, André Filipe Costapt
dc.date.accessioned2013-05-16T14:39:54Z-
dc.date.available2013-05-16T14:39:54Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/10452-
dc.descriptionMestrado em Administração e Gestão Públicapt
dc.description.abstractNa sequência da forte crise verificada na Europa, e particularmente em Portugal, a liberalização da economia é cada vez mais uma solução a ter em conta pelos governos. O presente trabalho visa analisar a evolução da liberdade económica em Portugal de 1970 a 2012, recorrendo aos dois principais índices de liberdade económica existentes. Recorrendo aos estudos existentes, esta tese analisa os índices que medem a liberdade económica, descrevendo o seu desenvolvimento, a sua metodologia e principais resultados gerais. A evolução de Portugal em ambos os índices é analisada, cruzando-se os resultados dos mesmos com as políticas públicas adotadas por Portugal nas últimas décadas. A adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (CEE) confirma-se como o mais importante momento para o aumento da liberdade económica no país. Portugal destaca-se na área relativa às políticas monetárias; contudo, apresenta limitações nas áreas relativas ao mercado de trabalho e ao tamanho do Estado. Estudos futuros poderão verificar se a forma de combater a crise passará ou não pelo aumento da liberdade económica, analisando também os resultados dos índices nos próximos anos.pt
dc.description.abstractFollowing the severe crisis verified in Europe, and particularly in Portugal, governments have been recognizing economic liberalization as a solution. This study aims to analyze the evolution of economic freedom in Portugal from 1970 to 2012, using the existing indexes of economic freedom. Drawing on the existent studies, this thesis analyzes the two main indexes that measure economic freedom, describing its development, its methodology and major general results. The evolution of Portugal in both indexes is analyzed, and the results are crossed with the public policies adopted by Portugal in the last decades. Portugal adhesion to the European Economic Community (EEC) was confirmed as the most important moment for increasing economic freedom in the country. Portugal stands out in the area related to the monetary policies; however, it has limitations in the areas related to the labor market and the size of the State. Future studies may verify if the way to tackle the crisis will pass, or not, by increasing economic freedom, analysing the results of the indexes in the next years.pt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade de Aveiropt
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPolítica públicapt
dc.subjectEconomia portuguesa: 1970-2012pt
dc.subjectDesenvolvimento económicopt
dc.subjectLiberalismopt
dc.subjectDireitos de propriedadept
dc.subjectPropriedade privadapt
dc.titleEvolução dos índices de liberdade económica para Portugal: 1970 a 2012pt
dc.typemasterThesispt
thesis.degree.levelmestradopt
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt
Appears in Collections:DCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf1.13 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.