Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10445
Title: As crianças conseguem aprender sobre economia?
Author: Silva, Irina Leite Ribeiro Caetano da
Advisor: Varum, Celeste Maria Dias de Amorim
Afreixo, Vera Mónica Almeida
Keywords: Economia
Literacia financeira: Ensino básico 1º ciclo
Projectos educativos
Estratégias da aprendizagem
Actividades de aprendizagem
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Esta tese aborda duas questões de investigação fundamentais: 1) quão eficazes são os programas económicos quando aplicados às crianças e, consequentemente, qual a capacidade e a aptidão desta população em específico para compreender e apreender conceitos económicos; 2) que fatores, além da instrução económica, afetam o resultado obtido pelas crianças nos testes de economia. Neste sentido, foi desenvolvido um questionário sobre literacia económica tendo-se, igualmente, procedido à comparação do nível de literacia económica e da variação em termos de conhecimento económico, contrastando um grupo de controlo que foi sujeito a formação económica, e um outro grupo de crianças que não foi sujeito a esta acção. O programa foi aplicado a crianças que frequentam os 3º e 4º anos de escolaridade. Com vista à recolha de dados, foi aplicado um Questionário de Literacia Económica antes e após a conclusão do curso. A análise empírica aqui reportada foi subdividida em dois estudos. O Estudo 1 baseia-se numa amostra de estudantes que responderam ao questionário após a implementação do programa. O Estudo 2 tem como suporte uma amostra de estudantes que responderam aos dois testes, antes e após a implementação. As estatísticas descriptivas e uma aplicação econométrica fundamentam a análise empírica de cada um dos estudos. Os resultados obtidos no primeiro e no segundo estudos confirmam a eficiência do programa económico aplicado a este grupo de estudantes. De acordo com os resultados, é ainda possível inferir que, as variáveis demográficas e socioeconómicas, bem como as atitudes dos alunos face à economia, são factores que contribuem para a sustentação das disparidades existentes, entre as crianças, em termos de conhecimento económico. Este estudo contribui, assim, para o enriquecimento da literatura, na medida em que confirma o interesse e a capacidade das crianças para compreender e aprender economia. Desta forma, programas económicos direccionados para esta população e para um nível educacional elementar mostram ser eficazes na disseminação do conhecimento económico. Este trabalho é, ainda, parte integrante de um projeto pioneiro em Portugal, na medida em que pretende estimular o interesse das crianças por esta ciência social e contrariar o baixo nível de literacia económica da população portuguesa.
This thesis addresses two fundamental research issues: 1) the efficiency of economic programs applied to children, and doing so, if children are able to learn and to understand economics; 2) which factors, apart from economic instruction, affect children’s test scores in economics. In this regard, a questionnaire on economic literacy was developed and both level of economic literacy and variation of economic knowledge were compared, contrasting a control group who received economic instruction and other group who did not. The exercise was applied to a sample of children attending 3rd and 4th grades. The questionnaire, through which data was collected, was applied prior and after children had gone through the economic program. The empirical analysis here reported is divided into two studies. Study 1 is based upon a sample of students who responded only to the postimplementation questionnaire. The Study 2 relies upon students who replied to both pre and post-implementation tests. Each study relies upon descriptive statistics and an econometric application. The results obtained in both first and the second studies confirm the efficiency of the economic program applied to the students. According to the results, demographic and socioeconomic variables, as well students’ attitudes towards economics are the factors which explain the disparities of economic knowledge among children. This study also contributes to an ongoing discussion in the literature, ascertaining children’s interest and capacity to understand economics. Hence, economic programs which are targeted to this specific population and at this early age can indeed be effective. This work relies on a pioneer project in Portugal, being important not only because it encourages children’s interest towards economics, but also because it intends to contradict the lack of economic literacy of the general population in Portugal.
Description: Mestrado em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10773/10445
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.