Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10265
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPinto, Joaquim Manuel Henriques de Sousapt
dc.contributor.advisorTeixeira, Cláudio Jorge Vieirapt
dc.contributor.authorOliveira, André Mota dept
dc.date.accessioned2013-04-26T11:18:37Z-
dc.date.available2013-04-26T11:18:37Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/10265-
dc.descriptionMestrado em Sistemas de Informaçãopt
dc.description.abstractO aumento da esperança média de vida tem vindo a ser acompanhado por um aumento da quantidade de iniciativas AAL (Ambient Assisted Living). O Living Usability Lab (LUL) pretende o desenvolvimento de uma arquitetura inovadora para o desenvolvimento e teste de novos serviços e tecnologias AAL, incentivando um estilo de vida ativo e saudável para a população sénior ou com necessidades especiais. A presente dissertação propõe-se a descrever o trabalho desenvolvido no âmbito do projeto LUL, com especial ênfase na definição da arquitetura global de serviços. Após analisada a evolução das arquiteturas AAL é apresentado o modelo conceptual do projeto e a arquitetura definida para o desenvolvimento de novos serviços, promovendo aspetos como a disponibilidade e modularidade, explorando ainda uma perspetiva em Cloud Computing. De seguida, serão destacados os desenvolvimentos ao nível do Servidor Principal do LUL bem com alguns dos serviços nele disponibilizados. Fazendo uso das capacidades da arquitetura definida, o projeto culmina com o desenvolvimento de duas aplicações, uma para os Idosos e outra para os Profissionais de Saúde. A curto prazo, as aplicações e serviços desenvolvidos poderão ser testados num contexto real, por intermédio do Laboratório de Gerontologia (em fase final de construção) e da participação de algumas entidades relacionadas com a prestação de cuidados de saúde.pt
dc.description.abstractThe increase in life expectancy has been followed by an increased amount of AAL (Ambient Assisted Living) initiatives. The Living Usability Lab (LUL) aims to develop an innovative architecture for the development and testing of new AAL services and technologies, encouraging an active and healthy lifestyle for senior citizens or with special needs. This thesis intends to describe the work done under the project LUL, with particular emphasis on the definition of the services global architecture. After analyzing the evolution of AAL architectures is presented the conceptual model and the architecture defined for the development of new services, promoting aspects such as availability and scalability, also exploiting a Cloud Computing perspective. Then, the developments at the LUL Main Server will be highlighted along with some of its services. Making use of the capabilities of the defined architecture, the project culminates with the development of two applications, one for the Elderly and other for the Health Care Professionals. For the short term, applications and services developed can be tested in a real context, through the Gerontology Laboratory (in final stage of construction) and the participation of certain entities related to the provision of health care services.pt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade de Aveiropt
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEngenharia electrónicapt
dc.subjectSistemas de informaçãopt
dc.subjectServiços webpt
dc.subjectDomóticapt
dc.subjectRedes de comunicações sem fiospt
dc.subjectArquitectura de redespt
dc.subjectUsabilidadept
dc.subjectPessoas idosas: Apoio domiciliáriopt
dc.titleArquitetura de serviços do Living Usability Labpt
dc.typemasterThesispt
thesis.degree.levelmestradopt
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt
Appears in Collections:DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf3.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.