Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10238
Title: Mobifree: equipamentos eletrónicos de apoio à mobilidade do cego
Author: Lopes, Óscar Filipe Fernandes
Advisor: Santarém, Francisco Maria Mendes de Seiça da Providência
D'Uva, Paulo Bago
Keywords: Design de produtos
Deficientes visuais
Orientação espacial
Mobilidade
Electroacústica
Equipamentos tecnológicos
Ultrassons
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho de investigação teve como objetivo compreender as condições em função da mobilidade das pessoas cegas, identificar e projetar equipamentos eletrónicos de modo a facilitar a circulação do cego no espaço. Numa sociedade cada vez mais complexa, desordenada relativamente a questões de acessibilidade para os cidadãos, verifica-se que, acresce ao cego dificuldade na mobilidade pelo facto de existirem obstáculos no seu percurso. Neste sentido, a investigação aponta para conceitos relacionados com a identidade social do cego, abrindo a discussão para uma nova consciência do indivíduo e seu papel na sociedade, contribuindo para minorar a sua estigmatização. Este projeto parte da condição háptica comum aos seres humanos para com o recurso à ecolocalização audível superar a incapacidade do cego em reconhecer obstáculos verticais e horizontais ao longo do percurso. Assim, e recorrendo à tecnologia transdutores (ultrassons) hoje disponível, este estudo visa projetar o sistema Mobifree, composto por três equipamentos complementares de bengala, óculos e coluna de som (Cane, SunGlasses, Echo) para auxiliar a mobilidade e navegação do cego.
The current paper aims to understand the conditions regarding the mobility of blind people, to identify and project electronic devices to facilitate the mobility of blind people in public spaces. In a more and more complex society, disorganized because of the accessibility for citizens, blind people have more difficulties to move around because there are obstacles in their way. In this way, the research points to concepts related to the social identity of the blind person, opening the discussion to a new consciousness of the individual and their role in society, according to behaviours of others that stigmatize him/her. However, through haptics and echolocation overcome, it is possible to detect obstacles vertical and horizontal to guide paths, satisfying somehow the needs from the blind person. Finally, using the transducers technology (ultrasound) available today, this paper aims to project the Mobifree system, composed of three devices cane, glasses and speaker (Cane, SunGlasses, Echo) to improve and optimize, helping the mobility and navigation of blind people.
Description: Mestrado em Design
URI: http://hdl.handle.net/10773/10238
Appears in Collections:DeCA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf25.91 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.