Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/10021
Title: Perguntas dos alunos do ensino secundário: promoção de uma aprendizagem ativa
Author: Pinto, Maria João Gracias Vieira
Advisor: Almeida, Patrícia Glória Soares de Albergaria de
Dias, José Joaquim Cristino Teixeira
Keywords: Ensino das ciências
Técnicas da aula: Ensino secundário
Técnicas de interrogação
Motivação para a aprendizagem
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O estudo apresentado teve como objetivo articular estratégias de ensino das Ciências com a promoção de uma aprendizagem ativa e centrada no aluno. A metodologia adotada procurou desenvolver e implementar diversas estratégias de ensino que promovessem o questionamento dos alunos. Tratou-se de um estudo de investigação–ação, envolvendo uma turma do décimo ano de escolaridade, na disciplina de Física e Química A, no ano letivo 2011-2012. Os dados foram recolhidos através da observação de aulas, da análise de produções dos alunos (perguntas escritas e explicações para a colocação das mesmas) e de entrevista a seis alunos participantes do estudo. As perguntas formuladas pelos alunos foram analisadas em três dimensões, consideradas indicadores da sua qualidade: nível cognitivo, caráter da pergunta e orientação da pergunta. A análise dos resultados permite concluir que os alunos se envolveram de forma positiva nas aulas de implementação do estudo, o que foi suportado pelo número de perguntas colocadas e pela qualidade das mesmas. Sublinhe-se que 96% dos alunos colocaram pelo menos uma pergunta de elevado nível cognitivo e que, das perguntas formuladas, 66% estavam orientadas para a explicação do problema e 91% apresentavam um caráter predominantemente académico. O estudo sugere, ainda, a existência de relações entre o questionamento dos alunos e a aprendizagem ativa, pois as estratégias implementadas permitiram aos alunos desenvolver a sua capacidade de questionamento, isto é, aumentaram a formulação de perguntas de elevado nível cognitivo, um importante indicador de aprendizagem ativa.
The study aimed at articulating/ interconnecting the teaching of sciences with the promotion of active and pupil-focused learning. The methodology that was chosen sought at developing and implementing pupils’ questioning teaching strategies. This research-action study targeted a 10th grade Physics and Chemistry A class, in 2011/2012. Data was collected through direct observation in class, written productions (written questions made by the pupils and context) and interviews to pupils participating in the study. The questionnaires presented by the pupils were analyzed according to three quality indicators: cognitive level, character of the question and orientation of the question. The analysis of the results shows that pupils engaged themselves in the classes where the study was implemented in a very positive manner, what was corroborated by the quantity and the quality of the questions they made. Ninety six per cent of the pupils made at least one higher cognitive question, 66% of the questions were focused on the explanation of the problem, and 91% were almost exclusively academic. The study also suggests a clear connection between pupils’ questioning and active learning, as the strategies allowed them to improve their questioning abilities/competences, namely high cognitive level questions, proven indicators of active learning.
Description: Mestrado em Didáctica - Física e Química
URI: http://hdl.handle.net/10773/10021
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.