DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > CiDTFF - Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores > CiDTFF - Comunicações >
 Educação e literacia sexual: representações de professores (estudo de caso)
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/9954

title: Educação e literacia sexual: representações de professores (estudo de caso)
authors: Meireles-Coelho, Carlos
Duarte, Pedro M. S.
keywords: Educação sexual em meio escolar
Educação para a saúde
Literacia sexual
Autonomia
Responsabilidade
Sexualidade
Saúde pública
Prevenção da gravidez não desejada
Prevenção de infeções sexualmente transmissíveis
issue date: Dec-2011
publisher: Instituto Politécnico da Guarda / Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação
abstract: A Lei n.º 60/2009 generalizou a Educação Sexual (ES) nas escolas do ensino básico e secundário. Os modelos de ES caracterizam diferentes posições perante a sexualidade, sejam socioeconómicas, profissionais ou religiosas. Hoje, a ES tem como desafio a promoção de competências, baseadas na responsabilidade e na autonomia, para usar o conhecimento e estimular o desenvolvimento pessoal. A capacidade de aplicar o conhecimento e as aptidões, para analisar, raciocinar e comunicar eficazmente, interpretar e resolver problemas em situações variadas é hoje indispensável. A ES deve seguir uma orientação baseada na literacia sexual ou ser um receituário de prevenção e saúde pública? Num estudo de caso, verificou-se que para os professores inquiridos a educação da sexualidade de crianças até aos 11/12 anos deve valorizar conhecimentos (gerais básicos) sob supervisão dos pais, complementada pela escola, em contexto estruturado, o que corresponde ao previsto no nível 1 do QEQ (EU, 2008). A partir dos 12 anos os professores inquiridos continuam a valorizar o papel educativo dos pais em relação à sexualidade, considerando, no entanto, que deve haver um certo grau de autonomia e responsabilidade por parte dos alunos, o que corresponde ao previsto no nível 2 do QEQ. Globalmente os professores inquiridos apontam para uma educação sexual baseada no modelo de formação pessoal e social, reforçando-se progressivamente a autonomia e a responsabilidade dos alunos para a literacia sexual.
URI: http://hdl.handle.net/10773/9954
ISBN: 978-972-8681-35-7
publisher version/DOI: http://www.ipg.pt/11congresso-spce/atas_SPCE2011_volume4.pdf
source: XI Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação: Investigar, inovar e desenvolver: desafios das ciências da educação
appears in collectionsCiDTFF - Comunicações

files in this item

file description sizeformat
2011_XIcongSPCE_309.pdfeducação e literacia sexual1.27 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2