DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Influência da infecção por Helicobacter pylori nas junções apertadas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8844

title: Influência da infecção por Helicobacter pylori nas junções apertadas
authors: Relvas, Sandra Maria Mota
advisors: Figueiredo, Céu
Correia, António
keywords: Biologia molecular
Infecção por bactérias
Gastrite
Helicobacter pylori
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A infecção por H. pylori é uma das infecções mais prevalentes no mundo. A consequência universal da infecção por H. pylori é o desenvolvimento de gastrite crónica. A bactéria coloniza a superfície das células epiteliais gástricas, estabelecendo com estas uma relação próxima. Alguns estudos sugerem que a infecção por H. pylori induz alterações nas junções intercelulares mais próximas do pólo apical das células, ou seja, nas junções apertadas. O objectivo geral desta Tese foi o de caracterizar a expressão de proteínas das junções apertadas no contexto da infecção por H. pylori. Para tal, foram analisadas, em indivíduos sujeitos a endoscopia digestiva alta com recolha de biopsias gástricas, as alterações do padrão de expressão da ocludina e da JAM-A. Estas proteínas foram caracterizadas recorrendo a técnicas imunohistoqu ímicas. Os resultados obtidos mostraram que, todos os indivíduos infectados por H. pylori tinham inflamação crónica com infiltrado linfocítico. A intensidade do infiltrado inflamatório crónico não estava associada com a densidade de colonização por H. pylori. Em contraste, a actividade neutrofílica da gastrite estava associada com a densidade de colonização bacteriana. Quando o padrão das junções apertadas do epitélio gástrico foi avaliado no contexto da infecção por H. pylori, verificou-se que os indivíduos com maior densidade de infecção eram os que apresentavam alterações do padrão de expressão da ocludina e da JAM-A. Além disso, todos os casos com marcação da ocludina na membrana basolateral estavam infectados numa densidade elevada. Não foram observadas quaisquer relações entre a expressão da ocludina ou da JAM-A e a inflamação crónica ou a actividade da gastrite. Em conclusão, as alterações do padrão da ocludina e da JAM-A nas células epiteliais da mucosa gástrica no contexto da infecção por H. pylori estão relacionadas com a densidade de colonização por H. pylori e são, aparentemente, independentes da inflamação induzida pela bactéria.

Infection by H. pylori is one of the most prevalent infections in the world. The universal consequence of infection by H. pylori is the development of chronic gastritis. The bacteria colonize the surface of gastric epithelial cells, establishing a close relationship with them. Some studies suggest that infection by H. pylori induces changes in intercellular junctions closer to the apical pole of cells, i.e., the joints of occlusion. The overall objective of this thesis was to characterize the expression of proteins of the junctions of occlusion in the context of infection by H. pylori. In order to do this, changes in the expression pattern of ocludina and JAM-A were analyzed in subjects undergoing endoscopy with collection of gastric biopsies. These proteins were characterized using immunohistochemical techniques. The results showed that all individuals infected by H. pylori had chronic inflammation with lymphocytic infiltration. The intensity of chronic inflammatory infiltrate was not associated with the density of colonization by H. pylori. In contrast, the activity of neutrophilic gastritis was associated with the density of bacterial colonization. When the pattern of joints occlusion of gastric epithelium was assessed in the context of infection by H. pylori, it was ascertained that individuals with higher density of infection were those who had changes in expression pattern of ocludina and JAM-A. In addition, all cases with marked ocludina in the basolateral membrane were infected at a high density. No relationship between the expression of ocludina or JAM-A and chronic inflammation or activity of gastritis was perceived. In conclusion, changes in the pattern of ocludina and JAM-A in epithelial cells of gastric mucosa in the context of infection by H. pylori are related to the density of colonization by H. pylori and are apparently independent of the inflammation induced by the bacteria.
description: Mestrado em Biologia Molecular e Celular
URI: http://hdl.handle.net/10773/8844
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2 Tese.pdf1.7 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2