DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Aprendendo a vida, escutando as vozes das crianças
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8700

title: Aprendendo a vida, escutando as vozes das crianças
authors: Botelho, Alexandra Bernardete Roçadas
advisors: Madeira, Rosa Lúcia
keywords: Educação para a cidadania
Participação dos alunos
Alunos do básico 1º ciclo - Aveiro (Portugal)
Direitos das crianças
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O Projecto “Aprendendo a vida, escutando as vozes das crianças” foi realizado no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação - especialização em Educação Social e Intervenção Comunitária. Este tema surgiu de uma inquietação profissional, como professora do 1º Ciclo do Ensino Básico, ao verificar que as Crianças, participam pouco, nas tomadas de decisão que as afectam directa ou indirectamente, na escola. A investigação foi desenvolvida com um grupo participante de sete Crianças Investigadoras, que frequentam uma Escola do 1º Ciclo de Ensino Básico de um bairro social vulnerável,com a finalidade de escutar, compreender, dar visibilidade e contribuir para a inclusão dos seus pontos de vista, sobre assuntos que lhes dizem respeito. Este estudo realizou-se pelo método Investigação-Acção Participativa, através da realização de Grupos de Discussão Focalizada, para conhecer o ponto de vista das crianças, explorando um conjunto de questões, onde todas tivessem oportunidade de se fazer ouvir, nos seus próprios “termos”. Esta técnica priveligia as vozes das crianças, revelando os seus interesses e opiniões sobre os tópicos em questão. Para complementar esta técnica, recorreu-se, também, à observação participante, à utilização de registos escritos das crianças e à utilização de fotografia, vídeo e gravação áudio. O trabalho inclui, então, uma breve caracterização do contexto, de forma a enquadrar a escola, como espaço social do bairro, meio de origem das Crianças. O contexto de origem e de inserção das Crianças fica situado na cidade de Aveiro, uma das muitas Cidades Amigas das Crianças, empenhada em desenvolver planos de acção para as crianças, concretizando os Direitos das Crianças expressos na Convenção sobre os Direitos das Crianças, respeitando, essencialmente, quatro princípios ai estabelecidos: Não discriminação; Interesse Superior da Criança; Direito a um nível de vida suficiente e Direito de Participação. O final do século XX foi crucial, para a mudança de estatuto da criança, reconhecendo-lhes competência social. As crianças começaram a ser consideradas actores sociais e sujeitos de direitos. Os direitos de participação descritos na Convenção vieram atribuir-lhes direitos políticos, até então, negados a este grupo social minoritário. As investigações começaram, assim, a ser realizadas com as crianças e não sobre Elas. Penso que seria preciso continuar a investigar, para compreender e mudar a escola como lugar de encontro das Crianças e com as Crianças na Cidade, tendo em consideração o ponto de vista e direitos dos meninos e meninas em desvantagem!

The project "Learning to life, listening to the voices of children" was performed under the Master of Science in Education - Specialization in Social Education and Community Intervention. This theme emerged from a professional concern, as a teacher of the 1st cycle of basic education, to find that the students are generally a weak voice in matters that affect them in the school context. The investigation was conducted with a participant group of seven researcher children, in order to hear, understand and make their opinion matter. This study was carried out by the Participatory Action Research method, by conducting Focused Group Discussion, to know the point of view of children, exploring a range of issues, where all have the opportunity to be heard in their own "terms ". This technique gives priority to the voices of children, revealing their interests and opinions about the topics in question. To complement this technique, we used also participant observation, the use of written records of children and the use of photographs, audio and video. The work includes, then, a wider characterization of the context, Aveiro, in order to frame the village, as the local context of the participant group. The local context is inserted in the city of Aveiro, one of the many Child Friendly Cities, committed to develop action plans for children, implementing the Rights of the Child expressed in the Convention on the Rights of Children, respecting essentially four principles there established: non-discrimination; Interest of the Child, Right to an adequate standard of living and participation rights. The late twentieth century was crucial to the change of status of the child, recognizing their social competence. The children began to be regarded as social actors and subjects of rights. The participation rights enumerated in the Convention have granted them political rights so far denied to this social minority group. The investigations started just to be with the children and not about them. I think that the investigation should continue in order to understand and change the school as a meeting place for Children and with the Children at the city, keeping in mind the points of view and rights of the disadvantaged little boys and girls.
description: Mestrado em Ciências da Educação - Educação Social e Intervenção Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10773/8700
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
248073.pdf4.54 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2