DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Efeitos sub-letais do efluente de uma mina de urânio abandonada, em Rana perezi Seoane
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/861

title: Efeitos sub-letais do efluente de uma mina de urânio abandonada, em Rana perezi Seoane
authors: Marques, Sérgio Miguel Reis Luís
advisors: Pereira, Ruth Maria de Oliveira
Gonçalves, Fernando José Mendes
keywords: Toxicologia
Extracção mineira
Urânio
Histopatologia
Contaminação da água
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Nas últimas décadas a preocupação com o impacto ambiental causado por minas abandonadas tem vindo a aumentar de forma significativa. Tal facto deve-se principalmente à produção de efluentes ácidos, mesmo após o fim da exploração mineira, responsáveis pela diminuição da qualidade da água de recursos adjacentes e subsequente comprometimento das comunidades biológicas locais e da saúde humana. Estes problemas agravam-se quando existem elementos radioactivos, como o urânio, presentes no efluente, sendo um destes casos a mina de urânio da Cunha Baixa (Viseu, Centro de Portugal). Desta forma, com o objectivo de proceder a uma avaliação de riscos, específica para o local procedeu-se à avaliação dos impactos do efluente, produzido e acumulado em lagoas (M), na fauna indigena, de água doce. Com este objectivo foram utilizadas massas de ovos, larvas e adultos de rã-verde (Rana perezi Seoane) por ser um organismo bastante sensível cujos estádios iniciais de vida são inteiramente aquáticos e por surpreendentemente habitar o local de estudo. As massas de ovos foram recolhidas num troço do rio Vouga (VR), considerado como local de referência (VR), a norte da cidade de Viseu. Após a exposição aguda das massas de ovos e das larvas a uma gama de concentrações do efluente, com o pH ajustado para um nível neutro verificaram-se alterações, principalmente nas concentrações mais elevadas, a nível de crescimento, pigmentação, reacções a estimulos externos e acumulação de metais. Desta forma é possível concluir que o efluente estudado mesmo com um pH neutro exerce efeitos tóxicos subletais nas fases iniciais de desenvolvimento deste anfíbio. De modo a compreender como podem ser afectados os adultos de Rana perezi residentes nas lagoas do efluente, um número ética e estatisticamente aceitável de organismos foi capturado em M eVR. Efectuou se a avaliação de metais bioacumulados e de alterações histopatológicas no figado, rim, pulmão, baço e gónada dos animais. Simultaneamente recolheram-se amostras de sangue para avaliar danos genéticos. Nos organismos capturados na mina foram registadas concentrações significativamente mais elevadas de Be, Al, Mn, Fe e U no figado, bem como Pb e U nos rins. Estes organismos revelaram ainda alterações histopatológicas, nomeadamente um ligeiro aumento de centros melanomacrofágicos (MMC) no figado, rim e pulmão; dilatação to lumen dos túbulos renais associada a necrose, e uma ligeira hiperplasia do epitélio alveolar em conjunto com um discreto espessamento do septo alveolar. Concomitantemente foi registado um número significativamente mais elevado de anomalias nucleares nos eritrócitos dos animais capturados na mina. ABSTRACT: In the last decades there has been a growing concern with the environmental impact caused by abandoned mines. Such fact results mainly from the local production of acidic effluents, even after the end of the mining activity, responsible for the impairment of the environmental quality of nearby freshwater resources with subsequent effects on biological communities. These problems worsen when radioactive elements, like uranium, are present in the effluent. Such is the case of Cunha Baixa uranium mine (Viseu, Central Portugal). Hence it is necessary to study the impact of the effluent produced and accumulated in small ponds (M), in the freshwater fauna. For such purpose Iberian green frog (Rana perezi) egg masses, larvae, and adults were used, since this organism is very sensitive to environmental contaminants, the early life stages are entirely aquatic and its presence has been recorded in the study site. The egg masses were collected from a section of Vouga river (VR) located in the north part of the city of Viseu, which was considered as a reference site. Egg masses and larvae were exposed to a range of effluent concentrations, with pH adjusted to a neutral value. Alterations were recorded in the higher concentrations mainly for larvae, in growth, pigmentation, external stimuli reaction and metal accumulation. It was possible to conclude that the uranium mine effluent, even with a neutral pH, exerts sub-lethal toxic effects on these amphibian early life stages. To bring a better understanding on how Rana perezi adults inhabiting the mine ponds might be affected, an ethical and statistical acceptable number of green frogs was captured in M and VR. Bioaccumulation of metals and histopathological alterations were evaluated in the liver, kidney, lung, spleen and gonad of animals. Simultaneously, blood samples were collected for the evaluation of genetic damages. Animals from the mine showed significant higher levels of Be, Al, Mn, Fe and U in the liver, as well as Pb and U in the kidney. Some animals from M showed histopathological alterations, namely: a slightly increase in melanomacrophagic centers in liver, kidney and lung; dilatation of the renal tubule lumen associated with tubular necrosis, and a slight hyperplasia in the alveolar epithelium along with a discreet thickening of the alveolar septa. A significant higher number of erytrocytic nuclear abnormalities was recorded, as well, in frogs from the mine.
description: Mestrado em Toxicologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/861
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001284.pdf4.29 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2