DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Estatuto e distribuição do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/846

title: Estatuto e distribuição do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal
authors: Barros, Tânia Sofia Queirós
advisors: Fonseca, Carlos Manuel Martins Santos
keywords: Gestão de ecossistemas
Sacarrabos
Ecologia
Espécies exóticas
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Incluído nas sucessivas listas de espécies cinegéticas constantes nos vários Decretos-Lei que têm regulamentado a actividade cinegética em Portugal nos últimos 20 anos, o sacarrabos (Herpestes ichneumon) é considerado um mamífero de caça menor e encontra-se incluído no grupo das espécies de carnívoros existentes em Portugal. Em meados do século XX, o sacarrabos distribuía-se maioritariamente pelo sul de Portugal Porém, nos anos noventa, concluiu-se que este herpestídeo já teria expandido para além do Rio Tejo, em direcção ao Norte do país e, nos anos mais recentes, eram frequentes os relatos de observações de exemplares da espécie em zonas do Centro-Norte do País. Contudo, constata-se a existência de pouca informação sobre o seu estatuto e distribuição, bem como de alguns aspectos relevantes sobre a ecologia desta espécie no nosso país. Assim, tendo em consideração a rápida expansão deste carnívoro na última década bem como os seus potenciais efeitos sobre a fauna nacional pretende-se, com este trabalho, avaliar a distribuição actual e o estatuto do sacarrabos em Portugal, verificar a existência de diferenças consideráveis na distribuição e estatuto actual desta espécie, em relação ao trabalho efectuado na década de noventa, analisar os dados da exploração cinegética desta espécie e avaliar os factores que condicionam e contribuem para a expansão do sacarrabos, correlacionando-se esses factores com a sua distribuição actual. Através de inquéritos, de registos de avistamentos da espécie e dos dados de exploração cinegética, concluiu-se que o sacarrabos ocupa quase a totalidade do território português, tendo-se expandido rapidamente de Sul para Norte. Esta expansão poderá estar relacionada com uma série de factores, como as recentes alterações no habitat e no uso dos solos e a grande adaptabilidade trófica e ecológica desta espécie. A análise dos dados de exploração cinegética permitiram concluir que o sacarrabos já se encontrava presente no Norte na década de 1990, algo que contraria a bibliografia existente e também os dados provenientes dos inquéritos realizados no âmbito desta tese. Este estudo poderá revelar-se não só como um grande contributo para um melhor e maior conhecimento da biogeografia desta espécie, como também para a sua ecologia e gestão populacionais. ABSTRACT: Included in the list of the hunted species in the several Hunting Laws in the last 20 years, the Egyptian mongoose (Herpestes ichneumon) is a small game species and, presently, it’s included in the group of carnivore species present in Portugal. In the middle of the 20th century, the Egyptian mongoose was majorly distributed in the south. However, in the 90s, it was concluded that this herpestid had already expanded beyond the Tagus river, towards the north of the country and, in recent years, observations of the species in Centre Portugal were frequent. Nevertheless, there is poor information about its status, distribution as well as some relevant aspects about the ecology of this species in this country. Therefore, regarding the fast expansion of this carnivore in the last decade as well as their potential effects in the national fauna it is intended, with this study, evaluate the present distribution of the Egyptian mongoose in Portugal, verify the existence of significant differences between its recent distribution and status and the similar study from the 90s, analyze the Egyptian mongoose’s game hunting and evaluate the conditioning factors that contribute to the expansion and correlate those factors to the present distribution. Trough questionnaires, field observations and game hunting data, the results showed that the Egyptian mongoose occupies almost all the Portuguese territory and it expanded rapidly from South to North. This expansion might be related with several factors, like habitat and land use modifications and the trophic and ecological adaptability of this species. The game hunting data analysis allowed to conclude that the Egyptian mongoose had already present in the North in the last decade and these results contradict the existent bibliography e also the questionnaires data obtained for this thesis. This study might constitute a great contribute to a better and bigger knowledge of the species biogeography and also for its ecology, management and conservation.
description: Mestrado em Ecologia, Biodiversidade e Gestão de Ecossistemas
URI: http://hdl.handle.net/10773/846
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001158.pdf3.84 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2