DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Abordagem molecular na resolução de problemas com biocorrosão
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/845

title: Abordagem molecular na resolução de problemas com biocorrosão
authors: Cortez, Maria Teresa de Sousa Coelho
advisors: Oliveira, Cláudia Sofia Soares de
Correia, António Carlos Matias
keywords: Microbiologia
Bactérias redutoras de sulfato
Biotecnologia ambiental
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O desenvolvimento de uma abordagem molecular mais recente, na detecção, identificação e quantificação de microrganismos, levou a que novos serviços tenham vindo a ser disponibilizados e possam mais eficazmente contribuir para a resolução de diversos problemas em microbiologia. As metodologias moleculares, como a PCR-DGGE, a PCR em tempo real e o FISH, sendo métodos de análise microbiológica poderosos no que diz respeito à sensibilidade e rapidez, permitem a identificação e monitorização mais eficaz dos microrganismos responsáveis por determinado processo, apresentando inúmeras vantagens sobre os métodos não moleculares. Recorrendo à utilização destas metodologias os laboratórios podem encontrar novas oportunidades de negócio na prestação de serviços às indústrias que pretendem resolver problemas causados por bactérias redutoras do sulfato (SRB). Para se entender a dimensão dos problemas industriais relacionados com as SRB começou-se por investigar o papel deste grupo de bactérias na microbiologia ambiental e industrial, bem como a sua intervenção nos processos de biorremediação de esgotos industriais e municipais e nos fenómenos de biocorrosão de equipamentos. A sua participação nestes processos justifica a importância do seu estudo e inclusivamente a procura de soluções para resolver os problemas causados nas indústrias. Posteriormente, fez-se uma análise das vantagens e desvantagens de três tipos de abordagens moleculares de detecção de microrganismos (PCRDGGE, PCR em tempo real e FISH), de forma a avaliar o seu potencial de aplicação no estudo da diversidade de SRB em diversos ambientes. Passouse depois, ao estudo e análise de três casos relacionados com a detecção e quantificação de SRB. Nesta perspectiva, os métodos baseados na PCRDGGE, na PCR em tempo real e na análise FISH demonstram potencial de aplicação no estudo da diversidade de SRB em diversos ambientes, como se encontra documentado em vários artigos de referência e, como tal, podem contribuir para um crescimento dos negócios em laboratórios de microbiologia que os apliquem. Apesar disso, depois da análise efectuada, concluiu-se que a PCR em tempo real ainda apresenta algumas desvantagens, sobretudo em termos de rapidez, comparando com os resultados que disponibiliza. Por fim, foram sugeridas três hipóteses de negócio, na resolução de problemas industriais concretos relacionados com as SRB, com o contributo dos métodos moleculares. O crescimento deste tipo de negócios ao nível dos laboratórios, associado ao desenvolvimento da abordagem molecular na microbiologia, enquadra-se no espírito bioempreendedor que se vive em Portugal e um pouco por todo o mundo. ABSTRACT: The development of a more recent molecular approach, in microorganisms’ detection, identification and quantification has released new services that may contribute more effectively to solve various problems in microbiology. The molecular methodologies, such as the PCR-DGGE, the real-time PCR and the FISH, being powerful microbiological methods with regard to the sensitivity and speed, allow a more effective identification and monitoring of the microorganisms responsible for specific processes, providing many advantages over the non molecular methods. Using these methodologies the laboratories can find new business opportunities in providing services to industries wishing to solve problems caused by sulphate reducing bacteria (SRB). To understand the scale of the industrial problems related to SRB, the role of this group of microorganisms in environmental and industrial microbiology was investigated, as well as its intervention in industrial and municipal sewage bioremediation and in equipment biocorrosion. Their involvement in these processes justifies the importance of these studies, including the search for solutions to solve the problems caused to the industries. Subsequently, we have analysed the advantages and disadvantages of three types of molecular approaches in microorganisms detection (PCR-DGGE, real-time PCR and FISH), in order to evaluate their potential for application in the study of the SRB diversity in various environments. Then we studied and analysed three case studies relating to the SRB detection and quantification. In this respect, methods based on PCR-DGGE, real-time PCR and FISH analysis showed potential application in the study of the SRB diversity in various environments, as it is documented in several reference articles and thus, can contribute to a business growth in microbiology laboratories that use them. Nevertheless, after the analysis, it was concluded that the real-time PCR still has some disadvantages, especially in terms of speed, compared to the results that offer. Finally, three business opportunities for specific industrial SRB related problems, with the contribution of molecular methods were suggested. The growth of this type of business at the laboratories level, associated with the development of molecular approaches in microbiology, falls within the bioentrepreneurship spirit in Portugal and throughout the world.
description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/845
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001157.pdf1.49 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2