DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Avaliação de dois tratamentos na redução da erosão do solo após fogo
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8399

title: Avaliação de dois tratamentos na redução da erosão do solo após fogo
authors: Martins, Martinho António Santos
advisors: Keizer, Jan Jacob
Teijeiro, Maria Eufémia Varela
keywords: Engenharia do ambiente
Erosão do solo
Incêndios florestais
issue date: 20-Dec-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Portugal sofre todos os anos inúmeros incêndios florestais, provocando frequentemente aumentos do escoamento superficial e erosão nas áreas afectadas. O tratamento de estabilização com “mulching” tem sido apontado por vários estudos, nomeadamente estrangeiros, como uma das melhores técnicas para mitigar estes impactos. Este estudo avalia a efetividade de um tratamento com “mulching” e de outro tratamento inovador com poliacrilamidas aniónicas na redução de escorrência e perda de sedimentos num eucaliptal após incêndio no centro norte de Portugal. A avaliação é feita a duas escalas espaciais, sendo o enfoque desta tese na escala de microparcela (0,24m2) mas abordado também a escala de encosta (100m2). Na escala de microparcela foram instaladas 12 parcelas, sendo destas, 4 de controlo (não tratado), 4 com “mulching” e 4 com poliacrilamida. Na escala de encosta foram instaladas 3 parcelas de controlo e 3 com “mulching”. Durante o primeiro ano de monitorização, com uma precipitação de 1442 mm, as parcelas de controlo (não tratado) apresentaram em média um coeficiente de escorrência de 45% na pequena escala e 2,5% na escala de encosta, e uma perda de sedimentos de 7,8 Mg ha-1 e 0,81 Mg ha-1 respectivamente. O tratamento com “mulching” composto de casca de eucalipto, aplicado a uma taxa de 13,6 Mg ha-1 com um coberto do solo de 80%, reduziu a escorrência em 55% e a perda de sedimentos em 90%, tanto à escala das microparcelas como à escala de encosta. O tratamento com poliacrilamidas anionicas, aplicado apenas na pequena escala a uma taxa de 0,05 Mg ha-1, reduziu a escorrência em 20% mas não alterou a perda de sedimentos. A dimensão das parcelas e, no caso das microparcelas, a sua posição na encosta revelaram-se factores importantes do ponto de vista dos processos hidrológicos e erosivos. Estes resultados ajudaram ainda a clarificar o conhecimento da conectividade hidrológica em encostas ardidas, e a importância da severidade do incêndio e do coberto do solo.

Portugal suffers every year from many wildfires causing increased superficial runoff and erosion in the affected areas. The post-fire stabilization treatments with “mulching” have been appointed by many authors as one of the better techniques to relieve these impacts. This study evaluates the effectiveness of one treatment with “mulching” and another treatment with anionic polyacilamide in reducing overland flow and erosion in a eucalyptus forest after fire in northern central Portugal. The assessment is made in two spatial scales, being the focus of this thesis in the range of micro-plots (0.24 m2) but also addressed the slope scale (100m2). At micro-plot scale were installed 12 plots, four control (untreated), 4 with "mulching" and 4 with polyacrylamide. At slope scale were installed 3 control plots and 3 plots with "mulching". After the first year the mean precipitation was 1442 mm, the control plots show 45% of runoff coefficient in the small scale and 2,5% in the slope scale and obtained 7,8 Mg ha-1 and 0,81 Mg ha-1 of sediment loss respectively. The treatment with chopped bark “mulching”, applied with a rate of 13,6 Mg ha-1 with 80% of soil cover, reduced runoff in 55% and sediment loss in 90% in the two scales. The other treatment with anionic polyacrylamide only applied in micro-plots scale with a rate of 0,05 Mg ha-1, reduced runoff in 20% but was not effective in reducing sediment losses. Plot size and, in the case of micro-plot, the position on the slope proved to be important factors in the hydrological and erosive response. These results help to clarify the hydrologic connectivity knowledge in burned slopes, the role of fire intensity and ground cover.
description: Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10773/8399
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
248360.pdf2.03 MBAdobe PDFview/open
Restrict Access. You can Request a copy!
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2