DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Susceptibilidade de Candida albicans à Caspofungina e mutações de FKS1
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8333

title: Susceptibilidade de Candida albicans à Caspofungina e mutações de FKS1
authors: Pedrosa, Joana Margarida Duarte
advisors: Gonçalves, Teresa
Santos, Manuel
keywords: Biologia molecular
Fungos patogénicos
Doenças infecciosas
Candidíase
Candida albicans
issue date: 27-Dec-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A incidência e a prevalência de infecções fúngicas invasivas com comprometimento de vida são um grave problema de saúde humana e, não obstante dos tratamentos antifúngicos agressivos bem estabelecidos ou com novos fármacos, estas infecções são uma causa importante de morbilidade e mortalidade, especialmente em indivíduos imunocomprometidos. Dentro do género Candida, Candida albicans continua a ser a espécie mais frequentemente associada a infecções fúngicas graves. As equinocandinas tornaram-se a terapia de primeira linha no tratamento de candidíases invasivas no entanto, alguns estudos relatam o aparecimento de susceptibilidade reduzida a estes agentes, especialmente à Caspofungina, o antifúngico desta classe mais largamente usado. Sabe-se que mutações, em duas regiões altamente conservadas, no gene que codifica a subunidade Fks1 do complexo glucano-sintase originam valores de Concentrações Inibitórias Mínimas (CIM) anormalmente elevados. O objectivo deste estudo foi avaliar a susceptibilidade à Caspofungina, pelo método de microdiluição, de um grupo de 25 isolados clínicos de C. albicans, recolhidos entre 2005 e 2011. A extracção de DNA e sequenciação das regiões HS1 e HS2 do gene FKS1 foi executada nas estirpes com valores de CIM de 0,25 μg/ml, para avaliar a presença ou ausência de mutações nessas regiões. Das seis estirpes sequenciadas, uma apresenta uma mutação V636G por alteração do nucleótido T pelo nucleótido G na posição 1905, uma apresenta um polimorfismo por alteração do nucleótido C pelo nucleótido T na posição 1921, e outra amostra apresenta um polimorfismo na posição 1927 por alteração do nucleótido T pelo nucleótido A, um polimorfismo pela troca do nucleótido T pelo nucleótido G na posição 1881 e uma mutação F628C pela alteração do nucleótido T pelo nucleótido G na posição 1883, todas para a vi região HS1. Para a região HS2 não foram encontradas mutações nem polimorfismos.

The incidence and prevalence of invasive fungal infections are a serious life threatening human health problem and, despite established aggressive antifungal treatments or with novel drugs, these infections are a major cause of morbidity and mortality in immunocompromised individuals. Within the genus Candida, Candida albicans remains the species most often associated with severe fungal infections. The echinocandins have become first-line therapy in the treatment of invasive candidiasis. However, some studies have reported the emergence of reduced susceptibility to these agents, especially to Caspofungin, the most widely used antifungal agent in this class. It is known that mutations in two highly conserved regions in the gene that encodes the subunit of the complex Fks1 glucan synthase results in Minimum Inhibitory Concentration (MIC) values abnormally high. The aim of this study was to evaluate the susceptibility to Caspofungin, by the method of broth microdilution, in a group of 25 clinical isolates of Candida albicans, collected between 2005 and 2011. The DNA extraction and sequencing of the FKS1 gene was performed in strains with MIC values of 0,25 μg/ml to assess the presence or absence of mutations HS1 and HS2. Among the six strains studied, one shows a V636G mutation by a T to G change at nucleotide 1905, one has a C to T polymorphism at nucleotide 1921 and another sample has a T to A polymorphism at nucleotide 1927, a T to G polymorphism at nucleotide 1881 and a F628C mutation changing a T to G at nucleotide 1883, all for the HS1 region. For the HS2 region no mutations/polymorphisms were found.
description: Mestrado em Biologia Molecular e Celular
URI: http://hdl.handle.net/10773/8333
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
247735.pdf2.44 MBAdobe PDFview/open
Restrict Access. You can Request a copy!
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2