DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Comunicação e Arte > ID+: Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura > ID+ - Comunicações >
 Encarar a luz: retratos holográficos 3D
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8256

title: Encarar a luz: retratos holográficos 3D
authors: Oliveira, Rosa Maria
Bernardino, Luis Miguel
keywords: Luz
Lasers
Holografia artística
Retratos holográficos 3D
issue date: 2008
publisher: Museu de Arte Contemporânea – USP
abstract: A Holografia, em termos de desenvolvimento futuro, e apesar dos trabalhos já realizados, tem ainda muitos caminhos para percorrer, quer seja a nível do melhoramento de materiais de registo, quer da resolução de problemas técnicos, quer a nível expressivo e criativo. Há vários tipos de hologramas, mas os usados com fins artísticos são os de imagem, registados na maior parte com lasers contínuos de He-Ne ou de Argon. Porém, o registo de hologramas de pessoas vivas ou de objectos instáveis só são possíveis usando lasers pulsados, o que obriga a duas fases de trabalho. A primeira, onde se obtém o holograma primário, de transmissão e visível apenas com luz laser e a segunda, para a obtenção do holograma secundário, de reflexão, visível com luz branca. Os hologramas assim obtidos são tridimensionais. Para a realização destes Retratos Holográficos 3D, usou-se um laser de Rubi para o registo dos hologramas primários, usando-se posteriormente um laser de He-Ne para os hologramas secundários. Este projecto de trabalho, na área da Holografia Artística, é a continuação do trabalho de investigação anteriormente realizado, quer no âmbito da tese de doutoramento, quer posteriormente. No que diz respeito à Holografia Artística, mesmo seguindo caminhos já percorridos, os hologramas resultantes serão sempre diferentes, devido à concepção individualizada e original que cada artista-hológrafo imprime ao seu trabalho, quer seja na conceptualização, quer seja na expressão. Como acontece com qualquer das outras tecnologias artísticas, cada artista usa o medium de maneira diferente e com diferentes resultados. O retrato tem sido, ao longo dos tempos, um dos temas mais utilizados na arte. Assim sendo, não é de admirar que também na holografia seja um tema considerado importante. O rosto constitui uma zona corporal privilegiada de comunicação e expressão. O rosto manifesta a emoção interior através de olhares, sorrisos, traços, gestos, movimento constante. Embora, por vezes, o que é expresso possa ser interpretado de maneira equívoca, ambígua, como acontece no retrato da Mona Lisa, de Leonardo, há o interesse suscitado pela singularidade do que foi captado, que torna a percepção difícil. Sendo a Holografia a tecnologia de registo conhecida até ao momento, que representa o objecto mais semelhante ao original, poderemos cair numa representação mimética da realidade. Há a necessidade, portanto, de evidenciar uma relação de semelhança entre a imagem e o modelo, que seja subjectiva, embora partindo de uma realidade objectiva. Isto é, transcender o objecto.

In terms of future development and despite all the works already carried out, there are still plenty of ways for Holography to cross, not only as far as expression and creativity are concerned but also improving recording materials and resolving technical problems. There are various types of holograms, but image holograms are the ones used for artistic purposes, mostly with He-Ne or Argon continuous lasers. However, recording holograms of living persons or unstable objects is only possible by using pulsed lasers, which requires two work steps. The first allows the master hologram to be obtained – a transmission master hologram, visible only in the laser light. The second provides the secondary hologram – a reflection hologram, visible in the white light. Holograms obtained through this method are 3D holograms. In these 3D Holographic Portraits a Ruby laser was used for the record of the master holograms and then a He-Ne laser for the secondary holograms. This work project in the area of Artistic Holography is the continuation of the research carried out before, both in the scope of my PhD thesis and afterwards. As far as Artistic Holography is concerned, and even following the already existing tracks, the holograms obtained will always be different owing to the individualised and original conception that the holograph-artist prints in his work be it in the conceptualisation or in the expression. Like in any other artistic technology, each artist uses the medium in a different way, obtaining different results. Portrait has always been one of the themes mostly used in art. So, no wonder that it is also seen as an important theme in holography. A face is a privileged communication and expression body zone. A face shows the internal emotion through the look, smile, traces, gestures, the constant motion. Though sometimes what is expressed may be misinterpreted or understood in an ambiguous way, like in Leonardo’s portrait of Mona Lisa, there is an interest aroused by the singularity of what was captured , which makes the perception all the more difficult. Being Holography the recording technology known up to the moment that best represents the original object due to its great similarity, we may be trapped in a mimetic representation of reality. Therefore, it is necessary to clearly show a relationship of similarity between the image and the model, which ought to be subjective, though starting from an objective reality. That is, transcending the object.
URI: http://hdl.handle.net/10773/8256
ISBN: 978-85-7229-045-6
publisher version/DOI: CDD-700.105
source: CIANTEC 2008: Congresso Internacional de Arte, Novas Tecnologias e Comunicação: Ontem, Hoje e Amanhã: pluralidade de olhares em um percurso comum
appears in collectionsID+ - Comunicações

files in this item

file description sizeformat
Pages from CIANTEC 2008-3.pdfDocumento principal1 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2