DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Mistranslation in Candida albicans
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8156

title: Mistranslation in Candida albicans
other titles: Erros na tradução do mRNA em Candida albicans
authors: Sousa, Diana Sofia Ortiga de
advisors: Santos, Manuel António da Silva
keywords: Biologia molecular
Tradução genética
Ácido ribonucleico
Código genético
issue date: 20-Dec-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: The genetic code establishes the rules that determine the transfer of genetic information from nucleic acids to proteins. The importance of the genetic code in genome decoding and its high conservation suggests that its evolution is highly restricted or even frozen. Despite this, various prokaryotic and eukaryotic genetic code alterations have been found, showing that the code is surprisingly flexible. For instance, the human pathogen Candida albicans contains an ambiguous tRNACAG that decodes a CUG codon as Ser (97%) and as Leu (3%). To further study ambiguity in other amino acid codons, we have engineered 8 mutant tRNASer that misincorporate Ser at 8 different codons belonging to distinct amino acids families (Glu, Arg, Asn, Cys, Phe, Gln, His and Pro) in Candida albicans. The wild-type tRNA was subjected to site-directed mutagenesis in order to change its anticodon to CUC, CCU, GUU, GCA, GAA, CUG, GUG and GGG. The tRNA stability, the cellular changes and the stress response of the resulting mistranslating strains were evaluated through northern blot analysis, cell transformation efficiency, growth rate and expression of a HSP104-GFP reporter system. A phenotypic screening probing various environmental stress conditions was performed in order to further characterize these strains. Experimental data suggest that these genetic code ambiguities affect fitness negatively in standard growth conditions and introduce growth advantages in presence of stress conditions. Thus, stress response triggered by codon ambiguity increase adaptation potential.

O código genético estabelece regras que determinam a transferência de informação genética a partir dos ácidos nucleicos para proteínas. A importância do código genético na descodificação do genoma e sua alta conservação sugere que a sua evolução é altamente restrita. Apesar disso, várias alterações no código genético dos procariotas e eucariotas têm sido encontradas, mostrando que o código é surpreendentemente flexível. Por exemplo, o patogénico humano Candida albicans contém um tRNACAG ambíguo que descodifica o codão CUG como Ser (97%) e como Leu (3%). Para continuar o estudo da ambiguidade noutros codões, induzimos 8 tRNASer mutantes, que incorporam incorretamente o aminoácido serina a 8 codões diferentes, pertencentes a distintas famílias de aminoácidos (Glu, Arg, Asn, Cys, Phe, Gln, His e Pro), em Candida albicans. O tRNA não mutado foi submetido a mutagénese dirigida, a fim de modificar o seu anticodão UGA para CUC, CCU, GUU, GCA, GAA, CUG, GUG e GGG. A estabilidade do tRNA, as alterações celulares e resposta ao stress das estirpes mutantes resultantes foram avaliadas através da análise de Northern blot, da eficiência de transformação das células, da taxa de crescimento e da expressão do sistema repórter HSP104-GFP. Além disso, a caracterização fenotípica em determinadas condições de stress foi realizada com o intuito de caracterizar melhor essas estirpes. Os dados experimentais sugerem que essas ambiguidades ao código genético afetam negativamente a aptidão das células em condições de crescimento normais e introduzem vantagens no crescimento na presença de condições de stress. Assim, a resposta ao stress provocada pela ambiguidade dos codões pode aumentar o potencial de adaptação.
description: Mestrado em Biologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/8156
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
246676.PDF5.29 MBAdobe PDFview/open
Restrict Access. You can Request a copy!
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2