DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Química > DQ - Dissertações de mestrado >
 Modificação da superfície de nanofios magnéticos para bio-aplicações
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8148

title: Modificação da superfície de nanofios magnéticos para bio-aplicações
authors: Pinheiro, Paula Cristina de Almeida
advisors: Trindade, Tito
keywords: Química analítica
Nanoestruturas
Óxido de alumínio
Polielectrólitos
issue date: 9-Dec-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: As nanoestruturas 1D têm despertado um crescente interesse tendo em conta a possibilidade de construção de novos dispositivos funcionais. Nesta dissertação foram desenvolvidas estratégias de funcionalização superficial de nanofios de níquel que, devido às suas propriedades magnéticas, apresentam-se promissores em bio-aplicações. Neste sentido, foram sintetizados nanofios de níquel por eletrodeposição em molde de alumina. Este molde foi sintetizado a partir de uma folha de alumínio por um processo que envolve dois passos de anodização, e que leva à formação de uma camada de alumina nanoporosa onde é depositado o metal. Após a sua síntese, os nanofios foram funcionalizados com um polieletrólito (polietilenoimina- PEI) modificado quimicamente com um fluoróforo (isotiocianato de fluoresceína - FITC), no sentido de desenvolver um material magnético e fluorescente, que permita a sua utilização em bio-aplicações. Neste âmbito, os nanofios de níquel modificados foram biofuncionalizados e a sua estabilidade em meio fisiológico foi avaliada. Finalmente, demonstrou-se a possibilidade de ligação dos nanofios a anticorpos para métodos de separação celular, utilizando plaquetas sanguíneas de bovino como sistema modelo.

Quasi one-dimensional (1D) nanostructures have attracted great attention because they can be used to fabricate new functional devices. In this thesis chemical strategies for the synthesis and surface functionalization of nickel nanowires have been investigated. Hence, nickel nanowires were first synthesized by electrodeposition in alumina template. This template was prepared from an aluminum foil by a process that involves a two-step anodization process and that leads to the formation of a nanoporous alumina layer where the metal was deposited. The Ni nanowires were then surface modified with the polyelectrolyte (polyethyleinimine- PEI) which has been previously functionalized with a fluorophore (fluorescein isothiocyanate- FITC). Considering the ferromagnetic properties of Ni nanowires, the funcionalized materials have potential for bio-applications such as simultaneous magnetic separation and biolabelling of cells. Therefore, preliminary experiments were carried out to demonstrate the proof of concept by biofunctionalization of modified Ni nanowires and their conjugation to bovine blood platelets as a model system.
description: Mestrado em Química - Inorgânica e Materiais
URI: http://hdl.handle.net/10773/8148
appears in collectionsDQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
247380.pdf2.67 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2