DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Externalização e processamento emocional e social em reclusos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8064

title: Externalização e processamento emocional e social em reclusos
authors: Pires, Sara Martins Pereira
advisors: Santos, Isabel Maria Barbas dos
keywords: Psicologia Forense
Psicologia do comportamento
Comportamento anti-social
Agressividade
Psicopatologia
Depressão mental
Ansiedade
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O que se designa como comportamento agressivo, desviante, socialmente desajustado, ou mesmo anti-social, pode ser conceptualizado como uma consequência de um conjunto de factores inter-correlacionados que influenciam globalmente o desenvolvimento do indivíduo (Rijo & Sousa, 2002). Assim, o presente estudo teve como objectivo perceber de que forma as variáveis depressão, ansiedade, alexitimia, externalização e processamento emocional e social se relacionam em indivíduos que apresentam comportamento desviante. A amostra contou com 24 reclusos do Estabelecimento Prisional Regional de Aveiro. Os resultados, através do estudo de correlações, sugerem de uma forma global que os indivíduos com comportamentos desviantes demonstram dificuldades na regulação de emoções, o que por sua vez compromete o seu processamento emocional e social e potencia a ocorrência de comportamentos externalizantes. Estes resultados contribuem para uma melhor compreensão do funcionamento cognitivo-afectivo-comportamental destes indivíduos.

Aggressive behaviour, deviant, socially maladjusted or even anti-social, can be conceptualized as a consequence of a set of related factors that influence the development of the individual (Rijo & Sousa, 2002). This study aimed to understand how variables such as depression, anxiety, alexithymia, externalization, social cognition and emotion perception are related with deviant behaviour in a group of prisoners. The sample consisted of 24 inmates from Aveiro Prison. The study of correlations suggests, overall, that individuals with deviant behaviour show difficulties in emotional regulation, which compromises their social and emotional processing and potentiates externalizing problems. These results contribute to a better understanding of cognitive-emotional-behavioural functioning of those individuals.
description: Mestrado em Psicologia Forense
URI: http://hdl.handle.net/10773/8064
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Tese - Sara Pires.pdf1.34 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2