DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Avaliação microbiana da flora nasofaríngea após terapia termal
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8044

title: Avaliação microbiana da flora nasofaríngea após terapia termal
authors: Pinheiro, Carolina Isabel Moura
advisors: Tomaz, Cândida Ascensão Teixeira
Almeida, Maria Adelaide Pinho
keywords: Microbiologia
Termalismo
Águas minerais - Aplicações terapêuticas
issue date: 20-Dec-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Atualmente, cerca de 100 mil portugueses, por ano, frequentam estâncias termais, a maioria deles com idades compreendidas entre os 45 e os 64 anos de idade. A atividade termal está historicamente ligada ao setor da saúde e à prestação de cuidados nesta área. A Estância Termal do Cró caracteriza-se pela sua água tipo sulfúrea que pelas suas propriedades está indicada para tratamento de problemas músculo-esqueléticos e respiratórios. As patologias crónicas do trato respiratório , fazem mais de quatro milhões de vítimas por ano e afetam centenas de milhões de pessoas, prejudicando a saúde e o bemestar dos indivíduos. As patologias do trato respiratório superior são clinicamente definidas como um processo inflamatório nasal, sintomático e crónico e caracterizam-se por uma sintomatologia variada resultante das alterações teciduais das vias respiratórias superiores. O objetivo deste estudo foi a avaliação do efeito terapêutico das águas da Estância Termal do Cró em doenças do trato respiratório superior através da análise da flora microbiana nasal e da orofaringe dos indivíduos com estas patologias, antes e após o tratamento termal, bem como identificar e caracterizar a variabilidade de microrganismos existentes. A população em estudo consistiu em 50 termalistas aos quais foram recolhidos exsudados nasais e da orofaringe. Foi efetuado um controlo no início da terapêutica termal e outro no final do tratamento. Definiram-se essencialmente três fases no processo: recolha e seleção da população-alvo; colheita dos exsudados; isolamento e identificação microbiana. Os resultados obtidos mostraram diferenças entre os dois momentos de avaliação, verificando-se uma diminuição da colonização bacteriana após o tratamento termal. De facto, a percentagem de casos com teores superiores a 500 UFC diminuiu, assim como a proporção de casos com contagens entre 100 e 500 e inferiores a 50 UFC/.Na flora nasal verificou-se a diminuição do teor de Staphylococcus aureus, Staphylococcus coagulase negativos e Streptococcus hemolítico e na flora da orofaringe ocorreu uma diminuição da colonização por Neisseria e Staphylococcus coagulase negativos). A ação da água termal do tipo sulfúrea causou uma diminuição global da colonização bacteriana após o tratamento termal. Tendo em conta o papel de microrganismos como Staphylococcus coagulase negativo e do Staphylococcus aureus em patologias como a Rinite Alérgica e a Rinossinusite e à luz da bibliografia atual sugere-se que a diminuição da colonização destes microrganismos conduz a um decréscimo do processo inflamatório e consequentemente à diminuição da sintomatologia associada ao curso da doença. Desta forma pode concluir-se que a água termal do tipo sulfúrea exerce um efeito antimicrobiano nas patologias do trato respiratório superior.

Currently, about 100 thousand Portuguese, by year, are attending spa and most of them aged between 45 and 64 years old. The thermal activity is historically connected to the health setor and to the provision of care in this area. The Cró spa is characterized by its sulphurous water that is indicated for the treatment of musculoskeletal and respiratory disorders, such as rhinitis, sinusitis and rhinosinusitis. This type of chronic respiratory diseases affect four million people each year damaging their health and well-being. The upper respiratory tract diseases are clinically defined as a nasal inflammation, symptomatic and chronic process and they are characterized by a variety of symptoms resulting from changes in upper airway tissue. The aim of this study was to evaluate the therapeutic effect of thermal water of Cró in upper tract respiratory diseases. The research was to evaluate the changes in nasal and oropharynx bacterial flora in patients with these pathologies before and after thermal treatment, as well as identify and characterize the variability of microorganisms. The study population consisted of 50 individuals with rhinitis, sinusitis and rhinosinusitis. Nasal and oropharyngeal samples were collected with swabsat the beginning and at end of thermal treatment. Three main strategies were defined for the study: collection and selection of the target population; collect swabs, microbial isolation and identification. The results showed that there was a reduction in microbial colonization after thermal treatment fact, the percentage of cases with levels above 500 CFU decreased and the proportion of cases with scores between 100 and 500 and less than 50 CFU. In nasal flora, it was found a decrease in the level of S. aureus, coagulase-negative Staphylococcus and -hemolytic Streptococcus. On the other hand, in oropharynx flora a decrease in colonization by coagulase-negative Staphylococcus and Neisseria was observed. The action of sulphurous thermal water showed a reduction of bacterial colonization after thermal treatment. Taking into account the role of microorganisms, such as coagulase-negative Staphylococcus and S. aureus in the pathogenesis of diseases such as allergic rhinitis and rhinosinusitis and in the light of current literature, it can be suggested that the reduction of colonization of these microorganisms can lead to a decrease of the inflammatory process and therefore to the reduction of symptoms associated with the course of the disease. Thus, it can be concluded that sulphurous thermal water have antimicrobial effect in upper tract respiratory diseases.
description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/8044
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
247484.pdf1.8 MBAdobe PDFview/open
Restrict Access. You can Request a copy!
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2