DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Atitudes ambientais em alunos de geografia do 3º ciclo
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/8034

title: Atitudes ambientais em alunos de geografia do 3º ciclo
authors: Ramos, Maria do Rosário Martins Paiva
advisors: Coelho, Celeste de Oliveira Alves
Rodrigues, Manuel Ferreira
keywords: Ensino da geografia
Educação ambiental - Ensino básico 3º ciclo - Aveiro (Portugal)
Cidadania
Métodos pedagógicos
Motivação para a aprendizagem
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O trabalho pretende analisar se a disciplina de Geografia (3.º CEB, nível 2) contribui para a formação de cidadãos conscientes, críticos e intervenientes no âmbito de valores ambientais (Geografia Física). É pertinente reflectir se o ensino da Geografia, enquanto disciplina promotora de cidadania, pode contribuir para a promoção da Educação Ambiental, para o conhecimento da realidade local no que concerne às catástrofes Naturais e na resiliência desses fenómenos (Inundações e Incêndios). Deste modo, procuramos responder à seguinte questão “Como potenciar o desenvolvimento de cidadãos conscientes, críticos e interventivos no âmbito de valores ambientais, através da leccionação de conteúdos da Geografia Física?”. O estudo que sustentou esta dissertação baseou-se nas turmas de 7º Ano de Escolaridade do Agrupamento de Escolas de São João de Loure (Albergaria-a- Velha) e procurou, partindo de uma análise do currículo da área disciplinar de Geografia e identificando conteúdos promotores do desenvolvimento de atitudes ambientais em alunos de nível dois, co-conceber, co-desenvolver e co-avaliar com estes alunos, um projecto de intervenção curricular que potenciasse a melhoria das práticas pedagógicas, através da concepção, aplicação e avaliação de recursos e materiais didácticos. As técnicas de recolha de dados utilizadas foram o inquérito por questionário (Pré-teste e o Teste); a análise documental; a observação directa e os registos de campo/pessoais, elaborados durante o processo de monitorização da aplicação do projecto de intervenção curricular. Para o tratamento de dados recorremos à análise estatística (Programa SPSS). Os resultados obtidos indiciaram que os alunos participantes desconhecem a realidade local no que concerne às Catástrofes Naturais, uma melhoria significativa na assertividade às questões e que o recurso a estratégias diferenciadas produz resultados diferenciados ao nível dessa assertividade. Com efeito, a apropriação de mudanças de atitudes ambientais carece de abordagem curricular, de intervenção didáctica com recurso a experiências no domínio destas temáticas, que fomente o questionamento reflexivo e colectivo das situações problema e melhore a racionalidade e adequação das suas próprias práticas e onde o Ensino da Geografia desempenha um papel importante.

It is the purpose of this paper to assess whether Geography, as a 2nd level subject of the 3rd cycle of school, contributes towards the shaping of conscientious, critical and active citizens in the scope of environmental values. It is important to reflect upon whether the teaching of Geography, as a citizenship promoting subject, can contribute to the promotion of environmental awareness, to the knowledge of local reality in terms of natural catastrophes and to the resilience of these phenomena (floods and fires). Thus, we strive to answer the following question: “How to enhance the development of conscientious, critical and active citizens in the scope of environmental awareness, through the teaching of Physical Geography’s contents?” The empirical study that supports this paper was based on 7th year classes of the group of schools of São João de Loure, in Albergaria-a-Velha and, starting with an analysis of the subject’s curriculum and through the identification of contents that promote the development of environmental awareness in 2nd level students, sought to co-conceive, co-develop and co-assess (with the students of these classes) a project of curricular intervention which could enhance the improvement of teaching practices through the design, application and assessment of resources and teaching materials. The techniques used to retrieve data were questionnaire survey (pre-testing and testing), document analyses, direct observation and field/personal records taken during the monitoring process of the curricular intervention project’s application. The data processing was done through statistical analyses (SPSS programme). The results indicated that participant students were unaware of the local reality in terms of natural catastrophes, though there was a significant improvement in the assertiveness to the issues, after the intervention. It became clear that the use of different strategies produces different results as to where the assertiveness is concerned. In fact, when it comes to seizing changes in environmental attitudes, there is a lack of a curricular approach and of a teaching intervention using experience in these matters, which would promote the collective reflexive questioning of the problematic situations and improve rationality and adequacy of its own practices, where the teaching of Geography plays an important part.
description: Mestrado em Ciências da Educação - Formação Pessoal e Social
URI: http://hdl.handle.net/10773/8034
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
247524.pdf2.91 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2