DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Ensaio de bait-lamina em comunidades edáficas de uma área mineira
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/796

title: Ensaio de bait-lamina em comunidades edáficas de uma área mineira
authors: André, Ana Isabel Duarte
advisors: Pereira, Ruth Maria de Oliveira
Antunes, Sara Cristina Ferreira Marques
keywords: Ecotoxicologia
Exploração mineira
Urânio
Poluição do solo
Edafologia
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O ensaio de bait-lamina, desenvolvido por Von Törne (1990) permite avaliar a actividade alimentar da comunidade edáfica e inferir sobre potenciais impactos da contaminação de solos, neste parâmetro. É um ensaio de rastreio ecológico recomendado para aplicar na etapa 2 da análise de risco ecológico (ARE) de locais contaminados. No âmbito da ARE em curso para a área da mina de urânio da Cunha Baixa (Mangualde, Centro de Portugal), o presente trabalho teve como objectivo avaliar in situ os efeitos da contaminação por metais, na actividade alimentar da comunidade edáfica usando o ensaio de bait-lamina. Para atingir este objectivo geral foram definidos os seguintes objectivos específicos: a) avaliar o tempo de exposição necessário para discriminar locais com diferentes níveis de contaminação; b) perceber o efeito da sazonalidade na avaliação da actividade alimentar e na distinção de locais com diferentes níveis de contaminação e, c) avaliar a existência de um gradiente vertical, nos efeitos da contaminação, na actividade alimentar e na subsequente degradação de matéria orgânica. Os dados ecológicos obtidos com este estudo visam complementar a caracterização química e ecotoxicológica de solos contaminados, já efectuada para esta área mineira. Com base nos resultados obtidos, para os dois períodos de exposição testados, verificou-se que é necessário um período mínimo de 14 dias para avaliar a actividade alimentar da comunidade edáfica. Este tempo de exposição permitiu distinguir locais com diferentes níveis de contaminação e concluir ainda que existe uma forte influência da sazonalidade na actividade dos organismos edáficos, o que pode conduzir a interpretações diferentes das respostas registadas, consoante a estação do ano em que o ensaio seja efectuado. Assim, os solos (B, D, e G) que apresentaram um nível superior de contaminação por metais foram também aqueles para os quais se registaram baixas percentagens de actividade alimentar em todas as estações do ano. Em relação à análise em profundidade, apenas se registaram diferenças significativas entre os dois níveis de profundidade considerados (N1 e N2), nas bait-lamina, na Primavera. Contudo, foi possível distinguir diferenças entre locais, nesta mesma estação, quando a análise das percentagens teve em conta os dois níveis de profundidade das bait-lamina. De uma forma geral, as percentagens médias de actividade foram superiores nos 4cm superficiais do solo. Diferenças na estrutura do solo, que podem ser altamente significativas em solos afectados pela actividade mineira, poderão explicar este perfil de actividade alimentar. O ensaio de bait-lamina, quando realizado in situ é bastante sensível aos factores ambientais (ex. temperatura, humidade e matéria orgânica), alguns dos quais podem inclusivamente mascarar a resposta de contaminantes, pelo que uma vasta gama de propriedades do solo deve ser determinada em paralelo à realização do ensaio. ABSTRACT: The bait-lamina assay, developed by Von Törne (1990), allows to assess the feeding activity of the edaphic community (soil invertebrates) and to infer about the potential impacts of soil contamination on this parameter and subsequently on organic matter decomposition. Thus, this assay has been recommend for the tier 2 of the site-specific risk assessment (ERA) processes. As part of ERA, which has been carried out in the Cunha Baixa uranium mine area (Mangualde, Centre of Portugal), the aim of the present work was to perform an in situ assessment of the effects of metals on the feeding activity of edaphic community, using the bait-lamina assay. To achieve this general goal specific objectives were defined: a) to evaluate the best exposure period to discriminate sites with different levels of contamination; b) to understand seasonal influence on the feeding activity of soil invertebrates; and, c) to evaluate the existence of a vertical gradient, in the effects of contamination on the feeding activity and subsequently in organic matter decomposition. The ecological data obtained in this study aimed to complement the chemical and toxicological characterization of contaminated soils already done, in previous studies, for this mining area. Fourteen days of exposure, were considered the most appropriate exposure period to assess the feeding activity of edaphic community. This period of exposure of bait-lamina in the field allowed a discrimination of study sites based on different levels of contamination. A strong influence of seasonality was recorded which may lead to a misleading interpretation of the responses if the bait-lamina assays is not repeated in the different seasons. In this way, soils (B, D and G), which showed the highest pseudo-total metal concentrations were those which had the lowest percentages of feeding activity, as well, in all seasons of the year. As far as depth was considered significant differences, between the two levels defined in the bait-lamina (N1-upper 4 cm; N2-inferior 4cm), were recorded only in Spring. Moreover, this analysis allowed discriminating sites in this season. In a general way, the average percentage of soil invertebrates feeding activity was high in the first 4 cm of the soil. Bait- lamina is very sensitive to environmental factors (eg. Temperature, moisture and organic matter) when performed in situ. Some of these environmental factors can even mask the effects of contaminants, so a vast array of soil properties should be measured in parallel with this assay.
description: Mestrado em Toxicologia e Ecotoxicologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/796
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009000582.pdf788.91 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2