DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 Intervenção não farmacológica em idosos com comprometimento cognitivo
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7807

title: Intervenção não farmacológica em idosos com comprometimento cognitivo
authors: Garcia, Mariana Rodrigues de Brito
advisors: Martin, José Ignácio Guinaldo
keywords: Gerontologia
Demência
Pessoas idosas
Cognição
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A demência afecta cada vez mais um maior número de pessoas a nível mundial. Com o aumento dos casos, não só as intervenções devem ser mais e melhores, como também os indivíduos envolvidos nesta problemática devem ser mais exigentes. Assim sendo, é necessário que a teoria seja colocada na prática para que doentes e familiares tenham um maior apoio formal. Através de terapias farmacológicas ou não farmacológicas é possível manter funções cognitivas operantes ou retardar a progressão da demência durante um maior período de tempo. Neste caso específico, serão abordadas terapias não farmacológicas, particularmente a estimulação cognitiva, com vista a adquirir competências que tornem a aluna uma profissional com maior capacidade de resposta a esta população concreta. Objectivos: Implementar um projecto de estimulação cognitiva com o intuito de adquirir competências de gestão de equipamentos sociais, de estabelecimento e manutenção de relações de trabalho em equipa, de adaptação a novos ambientes de trabalho e experiência profissional. Metodologia: Exploração e acompanhamento da evolução do desempenho cognitivo de 5 residentes, durante 12 semanas, em actividades de estimulação cognitiva. Dos 5 participantes, 4 realizaram 12 sessões de estimulação cognitiva e 1 realizou apenas 6. No final, compararam-se os resultados com a intenção de verificar a influência da implementação do projecto na qualidade de vida dos participantes. Resultados: No caso da participante E, notou-se claramente que a participação no projecto melhorou o seu estado de humor, uma vez que se sentia activa. Verificou-se que, apesar de os desempenhos não terem melhorado significativamente, os participantes encontravam-se bem-dispostos e sentiam que tinham objectivos a atingir quando realizavam as tarefas propostas. Conclusões: O desenvolvimento das actividades a que a estagiária se propôs permitiu a aquisição/ desenvolvimento total das competências de prática em técnicas não farmacológicas na demência (através do desenvolvimento de sessões de estimulação multi-sensorial e de estimulação cognitiva) e das competências de carácter interpessoal (através da participação activa nas reuniões técnicas diárias, no planeamento de actividades e do acompanhamento da entrada e integração de novos residentes). O estágio não só serviu para a consolidação da aluna enquanto profissional, mas também para a sua formação enquanto pessoa.

Dementia affects an increasingly larger number of people worldwide. With the increase in cases, interventions should not only be more and better, but the individuals involved in this problem should be also more demanding. Therefore, it is necessary that the theory is put into practice so that patients and families have a greater formal support. Through pharmacological or nonpharmacological therapies can maintain cognitive functions operating or slow the progression of dementia over a longer period of time. This particular case will be dealt with non-pharmacological therapies, particularly cognitive stimulation, to acquire skills that make the student a professional with more responsive to this specific population. Objectives: To implement a project of cognitive stimulation in order to acquire management skills of social facilities, establish and maintain teamworking relationships, adapt to new working environments and professional and research experience. Methodology: Exploration and monitoring development of the cognitive performance of 5 residents, for 12 weeks, in cognitive stimulation activities. Of the 5 participants, 4 underwent 12 sessions of cognitive stimulation and 1 made only 6. In the end, the results were compared to check the influence of project implementation in the quality of life of participants. Results: In the case of resident E clearly it was noted that participation in the project improved her mood, since she was active. It was found that, although the performances have not improved significantly, the participants were well-disposed and felt they had targets when the proposed tasks were performed. Conclusions: The development of activities that the intern has proposed allowed the acquisition/development of all nonpharmacological techniques practice in dementia skills (through the development of stimulation sessions multi-sensory and cognitive stimulation) and the interpersonal skills (through active participation in technical meetings a day, plan activities and monitor the entry and integration of new residents). The internship not only served to consolidate the student as a professional, but also for its formation as a person.
description: Mestrado em Gerontologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/7807
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
245218.pdf7.51 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2