DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Química > DQ - Comunicações >
 Comportamentos ecofisiológicos de Cistus ladanifer L. provenientes de áreas não contaminadas em elementos vestigiais
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7709

title: Comportamentos ecofisiológicos de Cistus ladanifer L. provenientes de áreas não contaminadas em elementos vestigiais
authors: Santos, E. S.
Abreu, M. M.
Saraiva, J.
Nabais, C.
keywords: Comportamentos ecofisiológicos
Cistus ladanifer L.
elementos vestigiais
Solos não contaminados
condições climáticas
enzimas antioxidativas
issue date: 2009
publisher: UALG, SPCS
abstract: Avaliou-se o comportamento das enzimas antioxidativas (catalase, peroxidase e superóxido dismutase) e as concentrações em As, Cu, Pb e Zn nas folhas de duas populações de Cistus ladanifer colhidas em solos não contaminados em elementos vestigiais (Caldeirão e Pomarão), com condições climáticas diferentes e duas estações do ano (Primavera e Verão). Nas duas áreas, as concentrações totais e disponíveis (extracção com DTPA) em elementos vestigiais foram baixas. A distribuição dos elementos pelas folhas novas e maduras foi semelhante entre áreas e estações do ano. As actividades enzimáticas variaram consoante a população. As folhas colhidas nas duas estações do ano, excepto as folhas novas de Verão do Pomarão, apresentaram actividade enzimática na fiacção solúvel e iónica. Comparando as estações do ano e áreas de amostragem, constatou-se que as actividades enzimáticas representam um mecanismo de tolerância a vários factores de stress (elementos vestigiais, temperatura, seca e radiação UV), o que confere uma elevada plasticidade a espécie.

The aim of this study was to evaluate the behaviour of the antioxidant enzymes (catalase, peroxidase and superoxide dismutase) and the concentrations of As, Cu, Pb and Zn in leaves fiom two populations of Cistus ladanifer growing on soils non-contaminated with trace elements (Caldeirão and Pomarão), but with different climatic conditions and in two different seasons (spring and summer).In both areas, total and available concentrations @TPA extraction) of trace elements in soils were low. The distribution of elements for young and mature leaves was similar between areas and seasons. The enzyme activities varied with the population. Leaves collected in two seasons, except young leaves fkom Pomarão collected in summer, showed enzymatic activity in the soluble and ionic fiactions. Comparing the seasons and sampling areas, C. ladanifer enzymatic activities represent a tolerance mechanism to different stress factors (trace elements concentration, temperature, UV radiation and drought), giving it a high plasticity. Key-words: Antioxidative enzyrnes, Cistus ladanifer L., climatic conditions, noncontaminated soils, trace elements.
URI: http://hdl.handle.net/10773/7709
publisher version/DOI: http://www.spcs.pt/
source: EACS'09: Encontro Anual da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo
appears in collectionsDQ - Comunicações
QOPNA - Comunicações

files in this item

file description sizeformat
16 Proc N 2009 Soc Port Solos Erika.pdf5.65 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2