DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Avaliação do potencial genotóxico de uma mina de urânio abandonada
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/758

title: Avaliação do potencial genotóxico de uma mina de urânio abandonada
authors: Neves, Maria de Fátima de Jesus Vieira das
advisors: Pereira, Ruth Maria de Oliveira
keywords: Biologia molecular
Toxicologia genética
Ecotoxicologia
Contaminação dos solos
Contaminação da água
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Um dos principais problemas associados a locais contaminados, como áreas de extracção de minérios metálicos, corresponde à possível contaminação de águas superficiais e subterrâneas, por escorrência e/ou lixiviamento de substâncias químicas perigosas (metais, radionuclídeos entre outros) a partir dos solos contaminados e dos resíduos neles depositados. Tal facto acontece quando a capacidade de retenção do solo foi largamente afectada pela actividade de mineração. Deste modo, o presente trabalho, integrado na fase de rastreio ecotoxicológico dos solos da mina de urânio da Cunha Baixa (Mangualde, Centro de Portugal), teve como objectivo avaliar a potencial mobilização de metais e/ou radionuclídeos, com efeitos mutagénicos e genotóxicos para os recursos de água doce subterrâneos e superficiais da zona circundante. Para o efeito procedeu-se à obtenção de extractos de solos com água, numa proporção de 1:10 (m/v), a partir de amostras recolhidas em dez locais de amostragem, previamente definidos em estudos anteriores. Os extractos de solo esterilizados foram submetidos ao ensaio de Ames (método de pré-incubação) com duas estirpes de Salmonella typhimirium his- (TA98 e TA100), com e sem activação externa do metabolismo, pela fracção de fígado de rato Sprague Dawley (S9), induzido com Aroclor 1254. De forma a verificar se a proporção de água, utilizada no processo de extracção, não estava a condicionar a obtenção de resultados positivos no ensaio de Ames, novas extracções foram efectuadas, desta vez numa proporção de 1:2 (m/v), e os extractos não diluídos foram submetidos a novos ensaios com ambas as estirpes de Salmonella typhimurium. Em todos os ensaios, foram registadas respostas negativas, o que aparentemente demonstra a ausência de mobilização de contaminantes com efeitos genotóxicos, a partir dos solos contaminados existentes na mina da Cunha Baixa. Estes resultados foram coincidentes com os obtidos em ensaios ecotoxicológicos de extractos de solo, levados a cabo com dafnídeos e com a bactéria Vibrio fischeri. Contudo, e no que refere à genotoxicidade, e uma vez que a filtração dos extractos de solo, um passo fundamental à sua esterilização, pode estar a comprometer a obtenção de resultados positivos, este ensaio deve ser complementado com outros que permitam também a avaliação do potencial genotóxico dos solos desta área mineira. ABSTRACT: The potential contamination of surface and groundwater resources through leaching and/or surface runoffs from contaminated soils and wastes is one of the main problems of metallic ore extraction zones. This happens when the soil retention function was highly affected by mining activities. Hence, the main objective of this study, integrated in the ecotoxicological screening of soils from the Cunha Baixa uranium mine area (Mangualde, Center of Portugal) was to assess the potential mobilization of metals and/or radionuclides with mutagenic and genotoxic effects to underground and surface freshwater resources. To meet this purpose, soil samples were collected in 10 sampling sites selected on previous studies and extracts with water were obtained for a proportion 1:10 (m/v). Sterilized soil extracts were evaluated through the Ames bioassay with two strains of Salmonella typhimirium his- -TA98 and TA100-(following the methodology of the pre-incubation assay) with and without metabolic activation by the liver S9 fraction obtained from Sprague Dawley rats induced by Aroclor 1254. In order to test if the fraction of water considered to obtain soil extracts was not preventing positive results, new extracts were obtained with water (1:2, m/v) and tested again with both strains of Salmonella typhimurium. Negative results were recorded in all the assays suggesting that no mobilization of chemicals, with mutagenic and genotoxic effects, is occurring from Cunha Baixa contaminated soils. These results were coincident with those recorded in ecotoxicological assays with daphnids and the bacteria Vibrio fischeri for soil extracts. Nevertheless, since filtration (a crucial step to guarantee extracts sterilization) can has compromised the occurrence of positive results in the Ames assays performed, this data should be reinforced with other developed assays to assess the potential genotoxicity of soils from this mining area.
description: Mestrado em Biologia Molecular e Celular
URI: http://hdl.handle.net/10773/758
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2008001384.pdf2.9 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2