DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Teses de doutoramento >
 Abordagem neuropsicológica das alterações na atenção e memória no sindroma de Burnout
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7375

title: Abordagem neuropsicológica das alterações na atenção e memória no sindroma de Burnout
authors: Domingos, Manuel Carlos do Rosário
keywords: Neuropsicologia
Psicopatologia
Psicodiagnóstico
Técnicas psicoterapêuticas
Memória
Atenção
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O sindroma de Burnout, quadro psicofisio-patológico tem sido objecto de investigação intensiva, desde o artigo de Freudenberger (1974) intitulado "Staff Burnout", com dois objectivos: compreendê-lo melhor, através de meios de diagnóstico, e criar técnicas de intervenção terapêutica. Na realidade, desde essa altura, foram efectuados e publicados um número avultado de trabalhos de investigação, nos campos do diagnóstico e caracterização do Burnout, e da sua resolução terapêutica. O pensamento dominante, nessa altura e ainda hoje, é de tendência analítica e/ou psico-social. Este quadro, espoletado por uma sucessão de episódios emocionalmente negativos em contexto ocupacional em indivíduos com provável predisposição genética e sujeitos a situações de pressão laboral, dos mais diversos tipos (podendo ir do “simples” stress por acumulação de tarefas até às situações de mobbing), tem efeitos frequentemente dramáticos ao nível da dinâmica biopsico- social, nos seus mais diversos aspectos. Estes estendem-se, quase sempre, muito para lá das problemáticas laborais, prejudicando, de forma mais ou menos grave, as interacções sociais com particular impacto ao nível da dinâmica familiar. Por outro lado, o Burnout propicia o aparecimento de patologias diversas, já que toda a estrutura psiconeuro-endocrino-imunulógica estará posta em causa, potenciando situações de fragilidade sistémica. No entanto, há aspectos correlacionáveis com este quadro disfuncional que têm sido muito pouco abordados – alterações cognitivo-operativas ou neuropsicológicas. Aliás os trabalhos que sobre eles incidem são em número muito reduzido. Assim após termos registado queixas, acentuadas, ao nível da capacidade de concentração e da memória em pessoas com burnout observadas na clínica hospitalar e privada, decidimos investigar estas situações, usando uma metodologia clínica de tipo qualitativo, e constatámos que, na realidade, as queixas eram pertinentes. Posto isto, achámos que a situação deveria ser aprofundada e partimos para um trabalho mais sistematizado, este, com o objectivo de caracterizar melhor o tipo de disfunções atencionais e mnésicas. Para isso, após uma selecção prévia, a partir de um grupo de 192 enfermeiros que responderam à Escala de Maslach, avaliámos uma amostra de risco constituída por 40 enfermeiros e enfermeiras, de Instituições Psiquiátricas da Grande Lisboa, trabalhando em urgência e enfermaria, que comparámos com uma amostra de igual número de enfermeiros, desenvolvendo a sua actividade na consulta externa ou em ambientes mais protegidos de stress ocupacional continuo. Para o efeito, e após uma anamnese cuidada, aplicámos provas de atenção e memória, sensíveis a qualquer tipo de compromisso encefálico seja ele funcional ou patológico. Para a componente atenção/concentração e a componente vísuo-grafo-espacial usámos a prova de Toulouse-Piéron, assim como as séries de dígitos ou digit span, para a vertente audio-verbal. A dinâmica mnésica foi avaliada através da prova de memória associativa (Escala de Memória de Wechsler) para testar a variante áudio-verbal, e a reprodução de figuras (Escala de Memória de Wechlser). Os resultados, após uma dupla análise clínica e estatística, comprovaram globalmente as hipóteses, indicando uma correlação significativa entre o grau de Burnout e os défices neuropsicológicos detectados: alteração da atenção/concentração e dismnésia, de natureza limitativa face às exigências quotidianas dos indivíduos. Finalmente, com base na revisão da literatura e os resultados deste estudo, foi esquematizado um Modelo Neuropsicológico do sindroma de Burnout, que nos parece espelhar as relações entre este quadro clínico, as alterações cognitivooperativas encontradas e as principais estruturas encefálicas, que julgamos, implicadas em toda a dinâmica do processo disfuncional.

The Burnout syndrome, introduced in the paper by Freudenberger (1974) entitled "Staff Burnout", is a psycho-physio-pathological syndrome that has been the subject of intensive investigation with two main goals: to better understand the syndrome, by studying diagnosis techniques, as well as intervention. In fact, since the paper by Freudenberger (1974), there has been a vast number of published researches in the fields of diagnostic and characterization of Burnout, and its therapeutic resolution. The dominant theoretical mainstream at that time, and still today, is analytical and / or psychosocial. This syndrome, present in patients with probable genetic predisposition and subjected to pressure situations at work, is triggered by a succession of emotionally negative episodes in the occupational setting. The episodes can vary from 'simple' stress by accumulation of tasks to situations of mobbing. These effects are extended almost always well beyond work issues, hurting (more or less serious), and social interactions with particular impact on family dynamics. Moreover, the Burnout allows the emergence of various diseases, since the whole psico-neuro-endocrine-imunulogical structure will be impaired, therefore enhancing systemic fragility. However, there are aspects correlated with this dysfunctional disorder that have been poorly addressed - neuropsychological or cognitive-operatives disturbances. The studies concerning this correlation are scarce. In our clinical activity at the hospital, we have been registering serious complaints in the ability to concentrate and memory in people with burnout. Given our clinical observation, we decided to investigate these cognitive impairments. We used a qualitative clinical methodology, and found that, in fact, the complaints were relevant and evident. We realized that the situation should be deepened through a more systematic approach in order to better characterize the type of attentional and memory dysfunctions. In order to do so, we made a preliminary selection from a group of 192 nurses who responded to the Maslach Scale. We assessed this population at risk of developing Burnout, by including fourty nurses from Psychiatric Institutions of Lisbon, working in emergency and ward and compared it to a sample of fourty nurses who were developing their activity in the outpatient section and nurses working in a more protected occupational environment. With this aim, and after careful anamnesis, we assessed attention and memory, cognitive functions that are very sensitive to any kind of functional or pathological commitment. For assessing attention, concentration, and the visuospatial component, we used the Toulouse –Piéron test, as well as the Digit Span test, to evaluate the audio-verbal component. Memory was assessed by using the Wechsler Memory Scale (associative memory) to test the audio-verbal variant. We also used reproduction of figures of the same Wechlser Memory Scale. Results after a clinical and statistical analyses, confirmed the overall hypothesis, indicating a significant correlation between the degree of burnout and neuropsychological deficits: a change in attention / concentration and dismnesia, highly dysfunctional given the daily demands faced by the individuals. Finally, based on the literature review and on the results of this study, we outlined a neuropsychological model of burnout syndrome. This model shows the relationship between the syndrome, the cognitive-operational changes associated and the respective brain structures involved. All of these factors, we believe, are involved in the dynamics of the dysfunctional process of Burnout Syndrome.
description: Doutoramento em Psicologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/7375
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
DE - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
246642.pdf1.38 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2