DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Caracterização de adultos com lesão medular em regime de internamento : relação entre independência funcional, locus de controlo e qualidade de vida
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7319

title: Caracterização de adultos com lesão medular em regime de internamento : relação entre independência funcional, locus de controlo e qualidade de vida
authors: Pedro, Ana Sara Sousa
advisors: Monteiro, Sara Otília Marques
keywords: Psicologia clínica
Psicologia da saúde
Deficientes físicos
Reabilitação
Atitudes perante a doença
Estratégias de adaptação emocional
Qualidade de vida
issue date: 2011
abstract: A lesão medular, acarreta a problemática da deficiência, transformando fisicamente o corpo do indivíduo. Nos últimos anos têm surgido alguns estudos portugueses nesta temática. O presente estudo pretende caracterizar a amostra de adultos com lesão medular em regime de internamento relativamente a características sóciodemográficas, independência funcional, locus de controlo e qualidade de vida, assim como, a relação entre estas variáveis. A amostra é constituída por 20 adultos com lesão medular em regime de internamento no Centro de Medicina e Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais e a recolha foi efectuada entre Setembro e Outubro de 2011. A bateria de instrumentos para a recolha dos dados foi constituída pelas seguintes medidas: MIF (Laíns, 1994), Escala de Locus de Controlo na Recuperação (Oliveira & Paixão, 1998), e WHOQOL-BREF (Vaz Serra e tal., 2006). De entre os resultados destacamos: (1) a correlação positiva estatisticamente significativa entre o Domínio físico da QdV e a MIF locomoção e transferências e (2) as diferenças estatisticamente significativas entre a nossa amostra e a amostra de adaptação do WHOQOL-BREF (Vaz Serra, e tal., 2006) no domínio físico e na faceta geral. A interpretação destes resultados e de outros, assim como as possíveis implicações destes são discutidas à luz de literatura relevante.

Spinal cord injury leads to the issue of disability, physically transforming the individual’s body. In recent years there have been some studies on this Portuguese topic. This study aims to characterize the sample of adults whith sipnal cord injuries on an inpatient basis for sócio-demographic characteristics, functional independence, locus of control and quality of life, as well as the relationship between these variables. The sample consists of 20 adults with spinal cord injury on an inpatient basis at the Centro de Medicina e Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais and the collection was conducted between September and October 2011.The battery of instruments for data collection consisted of the following measures: MIF (Laíns 1994), escala Locus de Controlo na Recuperação (Oliveira & Paixão, 1998) e WHOQOL-BREF (Vaz Serra, e tal., 2006). Among the key results include: (1) a statistically significant positive correlation between the physical domains of QoL and FIM locomotion and transfer and (2) statistically significant differences between our sample and the sample of adaptation of the WHOQOL-BREF (Vaz Serra, e tal., 2006) in the physical domain and general facet. The interpretations of these results and others, as well as the possible implications of these are discussed in light of relevant literature.
description: Mestrado em Psicologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/7319
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Dissertação Ana Pedro.pdf220.46 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2