DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Risco de delinquência: estudo com alunos do 2º e 3º ciclos do EB
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7304

title: Risco de delinquência: estudo com alunos do 2º e 3º ciclos do EB
authors: Alich, Viorica
advisors: Silva, Carlos Fernandes da
keywords: Psicologia do comportamento
Comportamento de risco
Comportamento anti-social
Delinquência juvenil
Alunos do básico 2º ciclo
Alunos do básico 3º ciclo
issue date: 5-Jul-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O estudo tem o objectivo de verificar o risco para delinquência e comportamento anti-social em alunos do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, numa escola do Litoral Norte do Portugal, com idades entre 10 e 17 anos. Dos 331 alunos, foram sinalizados 72 com “comportamentos de risco”. Desta amostra, apenas 27 apresentaram maior risco para desenvolver comportamentos socialmente inaceitáveis. Como indicadores escolhemos o nível socioeconómico, inteligência, comportamentos de risco, factores de risco familiar e escolar, hiperactividade, défice de atenção, hiperactividade com défice de atenção, problemas de comportamento, a opinião dos professores sobre os problemas de comportamento, e os dados sobre a criminalidade na localidade. No nosso estudo o número de comportamentos de risco apresenta uma correlação positiva e significativa com o factor “Problemas de Comportamento” da EDAH e também com o percentil da Raven. Na EDAH, o factor “Problemas de Comportamento” possui correlações mais fortes com a “Hiperactividade” e a “Hiperactividade e Défices de Atenção”. Os comportamentos de risco, na nossa amostra, correlacionam-se apenas com a idade, a inteligência geral, os problemas de comportamento e a hiperactividade. Relativamente à idade, quanto mais velhos são os alunos, mais comportamentos de risco e mais problemas de comportamento apresentam com menor percentil obtido na Raven. O nível socioeconómico não se relacionou significativamente. Discutimos a nossa dúvida sobre rendimento académico, avaliado e classificado pela escola, como um possível factor de risco escolar, situação e relativamente à qual há ampla investigação em várias áreas científicas, porém as classificações finais “misturam” as notas de conhecimento com notas de comportamento e decisões consensuais em Conselho de Turma, o que coloca questões metodológicas quanto á sua inclusão como variável no estudo.

The study aims to determine the risk for delinquency and antisocial behavior in students in the 2nd and 3rd cycle of basic education, in a school of the North Coast of Portugal, aged between 10 and 17 years. Of the 331 students, 72 were flagged with "risky behavior.” Of these, only 27 had a higher risk for developing socially unacceptable behavior. As variables we choose the socio-economic indicators, intelligence, risk behaviors, risk factors, family and school, hyperactivity, attention deficit, hyperactivity with attention deficit disorder, behavioral problems, feedback from teachers on behavior problems, and data on crime in the locality. In our study, the number of risk factors has a significant positive correlation with the factor "Behavior Problems" of EDAH and also with the percentile of the Raven. In EDAH factor "Behavior Problems" has stronger correlations with "hyperactivity" and "Attention Deficit and Hyperactivity.” Risky behaviors in our sample are correlated only with age, general intelligence, behavioral problems and hyperactivity. With regard to age, the older students, more risky behavior and more behavior problems have a lower percentile obtained in Raven. The socioeconomic level was not significantly related. We discuss the importance of the academic performance, assessed and classified by the school as a possible risk factor for school, location and for which there is extensive research in various scientific fields, but the final ratings "mix" the Knowledge’s notes with notes of behavior and reached by consensus on the Class Council, which raises methodological questions as to its inclusion as a variable in the study.
description: Mestrado em Psicologia Forense
URI: http://hdl.handle.net/10773/7304
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
243703.pdf608.71 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2