DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Sintomas de hiperactividade/défice de atenção e padrões de sono: estudo em crianças dos 1º e 2º ciclos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7294

title: Sintomas de hiperactividade/défice de atenção e padrões de sono: estudo em crianças dos 1º e 2º ciclos
authors: Almeida, Anabela da Conceição Salvador de
advisors: Gomes, Ana Cardoso Allen
Silva, Carlos Fernandes da
keywords: Psicopatologia
Perturbações do sono
Perturbações da atenção
Hiperactividade
Crianças em idade escolar
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A Perturbação de Défice de atenção/Hiperactividade (PHDA) caracteriza-se pela desatenção, hiperactividade e impulsividade As relações entre PDHA e os hábitos, comportamentos de sono têm recebido crescente atenção por parte da comunidade científica. Contudo, poucos estudos até ao momento têm considerado os diferentes tipos de sintomas que caracterizam a PHDA. O presente estudo tem como objectivo analisar os sintomas de défice de atenção e hiperactividade e problemas de comportamento em crianças do 1º e 2º ciclo e a sua relação com os hábitos, comportamentos e problemas de sono, tendo em consideração os diferentes tipos e combinações de sintomas que de PHDA: défice de atenção (DA); hiperactividade-impulsividade (HI); défice de atenção com hiperactividade-impulsividade (DA+HI), bem como a eventual coexistência de problemas de comportamento (PC). A amostra final compreendeu 562 crianças (49% Feminino e 51% Masculino), com idades entre os 6 e os 13 anos. (Sexo Feminino: média =9,31 e DP=1,84; Sexo Masculino: média: 8,99 e DP=1,77).Os instrumentos usados foram um questionário de sono de Clemente e Azevedo (cf. Clemente, 1997), respondido pelos pais e a EDAH-Escala para Avaliação da Perturbação de Défice de Atenção / Hiperactividade, versão portuguesa (Lopes, 2008; Allen-Gomes, Lopes & Silva, 2010), respondida pelos professores. A análise dos resultados revelou que para a maioria das variáveis de sono, não se registaram variações significativas ao longo de grupos com pontuações crescentes nas escalas da EDAH, merecendo apenas destaque a associação das pontuações de HI com uma menor disposição para ir para a cama à hora de deitar. Seguidamente, examinámos os padrões de sono somente em crianças que apresentavam elevado risco de sintomatologia de PHDA (pontuações acima do percentil 95 nas escalas da EDAH de interesse e abaixo do percentil 90 nas restantes).Do total de crianças, foram identificadas 15 com elevado risco de DA, 7 com elevado risco de HI, 6 com risco elevado de HI + DA, 9 com risco elevado de HI + PC e 8 com risco elevado de PC. Comparando cada um destes grupos com crianças «sem sintomas de risco», destacam-se, entre outros resultados, que o grupo com elevado risco de HI tem significativamente mais dificuldade em retomar o sono e o grupo com elevado risco para H+DA dorme significativamente menos em noites de escola e acorda significativamente mais vezes durante a noite. Em conclusão, em amostras de crianças da população escolar, sintomas de PHDA mostram-se pouco relacionados com os seus padrões de sono. No entanto, as poucas diferenças encontradas apontam sempre para um pior sono em crianças com sintomas de PHDA. Assim, provavelmente os pais beneficiariam de informação sobre como ensinar os filhos a dormir melhor. Os nossos resultados foram obtidos em contexto escolar, pelo que não podem ser generalizados para amostras clínicas.

The attention-deficit hyperactivity disorder (ADHD) is characterized by inattention, hyperactivity and impulsivity The relations between ADHD and the sleeping habits and behaviours have been receiving growing attention from part of the scientific community. Nevertheless, up to now, few studies have given importance to the different types of symptoms that characterize ADHD. The present study aims at analysing the symptoms of (ADHD), and behaviour problems in children from 1 st to 6th school years and its relation with sleeping habits, behaviours and problems, considering the different types and combinations of ADHD symptoms: attention deficit (AD); hiperactivityimpulsivity (HI); attention deficit with hiperactivity-impulsivity (AD+ HI), as well as the eventual coexistence of behaviour problems (BP). The final sample included 562 children (49% Female e 51% Male), aged between 6 and 13 years old (Female: average =9,31 e DP=1,84; Male: average = 8,99 e DP=1,77). The instruments, were a questionnaire about children sleep-wake patterns (cf. Clemente, 1997), answered by the parents and the EDAH Attention-Deficit Hyperactivity Disorder Evaluation Scale , Portuguese version (Lopes, 2008; Allen-Gomes, Lopes and Silva, 2010), answered by the teachers. Results revealed that for most of the sleeping variables, no significant variations were registered among groups with growing scores in the ADHD scales, except that lower HI scores were significantly associated with higher willingness to go bed at night. Next, we examined sleep, patterns only in children presenting highest risk of ADHD symptoms (punctuations above the percentile 95 in specific ADHD scales and below the percentile 90 in the remaining scales). In our sample, 15 children were identified with elevated risk of AD, 7 with elevated risk of HI, 6 with elevated risk of AD+ HI, 9 with elevated risk of HI+ BP and 8 with elevated risk of BP. Comparing each one of these groups with children « without risk symptoms», a few significant results emerged: the group with elevated risk of HI has significantly more difficulty resumption sleep the middle of the night and the group with elevated risk of AD +HI sleeps significantly less in school nights and wakes up significantly more often during the night. In conclusion, in school children community samples, ADHD symptoms showed few significant associations with sleep patterns. Although in small number the differences found indicated more, sleep complaints in children with ADHD symptoms. Thus, parents would probably benefit from a sleep education to learn how to improve their children night sleep. Our results were obtained in a school sample, thus, they cannot be generalized for clinical samples.
description: Mestrado em Psicologia - Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10773/7294
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
243968.pdf587.58 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2