DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Engenharia Civil > CIVIL - Dissertações de mestrado >
 Avaliação da segurança sísmica das construções - método japonês
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7255

title: Avaliação da segurança sísmica das construções - método japonês
authors: Martins, Jeniffer del Carmen Morais
advisors: Costa, Aníbal Guimarães da
Varum, Humberto Salazar Amorim
keywords: Engenharia civil
Construções anti-sísmicas
Resistência sísmica: Avaliação
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Nos últimos anos é com grande frequência que os sismos têm destruído cidades, evidênciando a importância de se utilizarem metodologias simplificadas que permitam avaliar a segurança sísmica de edificios, minimizando os consequentes impactos. Pretendeu-se verificar a aplicabilidade do método japonês a edifícios correntes existentes em Portugal, com características estruturais distintas daquelas consideradas no desenvolvimento original do método. De forma a verificar a viabilidade de aplicação desta metodologia, desenvolveu-se um modelo, que foi posteriormente aplicado a três casos de estudo, edifícios existentes localizados no norte/centro do país. Inicialmente, a metodologia de cálculo desenvolvida foi calibrada através da aplicação ao estudo anteriormente desenvolvido por Albuquerque (2008), com algumas adaptações necessárias associadas às diferenças nos procedimentos de cálculo. A metodologia implementada na ferramenta é baseada na comparação do índice de solicitação sísmica (IS0) com o Índice de desempenho sísmico (IS), correspondente a elementos estruturais. No caso dos resultados obtidos não serem razoáveis e por ventura não verificarem a segurança sísmica do edifício, deverá ainda ser determinado o índice sísmico dos elementos não estruturais (IN) e comparado com o índice de resistência dos elementos não estruturais (IN0). A fácil e rápida aplicabilidade do método, evidencia as vantagens da sua utilização, embora se reconheça que para o 3ºnível de avaliação este método exija já um grande rigor na recolha e tratamento da informação que dificulta a sua aplicabilidade em muitos casos. Da análise comparativa da aplicação do método japonês na avaliação da segurança sísmica dos três casos de estudo, verificou-se a segurança em todos os pisos e em ambas as direcções. Observa-se através da interpretação dos resultados que a modelação desenvolvida é consistente e válida, podendo ser fácilmente aplicado por técnicos. Conclui-se portanto que o método japonês enquanto metodologia de avaliação da vulnerabilidade sísmica permite de forma expedita verificar a capacidade de resistência do Edifício, em contexto nacional.

In recent years it is with great frequency earthquakes have destroyed cities, highlighting the importance of using simplified Methodology to assess the seismic safety of buildings, minimizing the resulting impacts. It was intended to verify the applicability of the method the Japanese current buildings in Portugal, with structural characteristics different from those considered in the original development of the method. In order to verify the feasibility of applying this methodology, we developed a model that was later applied to three case studies, existing buildings located in the north / central regions. Initially, the calculation methodology developed was calibrated by applying to the study previously developed by Albuquerque (2008), with some necessary adjustments associated with differences in calculation procedures. The methodology implemented in the tool is based on comparing the rate of seismic request (IS0) with the seismic performance index (IS), corresponding to structural elements. If the results are not reasonable and perchance not verify the seismic safety of the building should still be given the index of the seismic non-structural elements (IN) and compared with the resistance index of nonstructural elements (IN0). The quick and easy applicability of the method, highlighting the advantages of its use, although it is recognized that for the 3rd level of assessment since this method requires a very rigorous in collecting and processing information that hinders its applicability in many cases. From the comparative analysis of applying the method in the Japanese seismic safety evaluation of three case studies, there was security on every floor and in both directions. It is observed through the interpretation of the results that the developed modeling is consistent and valid and can be easily applied by technicians. We conclude therefore that the Japanese method as a methodology for assessing seismic vulnerability allows expeditiously verify the resilience of the building, in a national context.
description: Mestrado em Engenharia Civil
URI: http://hdl.handle.net/10773/7255
appears in collectionsCIVIL - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Tese de Mestrado - Jeniffer Martins.pdf71.43 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2