DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro > CV - Dissertações de mestrado >
 Formulações de argamassas controladoras de humidade ambiente
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/7205

title: Formulações de argamassas controladoras de humidade ambiente
authors: Gonçalves, Bruno Joel Simões
advisors: Batista, João António Labrincha
keywords: Engenharia de materiais
Argamassas: Propriedades
Porosidade
Humidade atmosférica
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: No presente trabalho utilizou-se argamassas de estrutura porosa para controlo da humidade relativa em meios fechados. À argamassa padrão, à base de cal aérea e cimento, adicionou-se vários adjuvantes, em proporções distintas. Os adjuvantes utilizados foram a vermiculite expandida, pós expansivos de alumínio e o poliacrilato de sódio, de forma a alterar a estrutura porosa da argamassa. A introdução dos referidos adjuvantes provoca alterações nas propriedades da argamassa, como tal, as diversas formulações foram sujeitas a testes em fresco e no estado endurecido. Com a argamassa no estado fresco determinou-se a % de água de amassadura, % de ar incluído e a densidade. No estado endurecido a argamassa foi avaliada em relação à variação de massa e dimensional, módulo de elasticidade, resistência à flexão e compressão, coeficiente de absorção de água por capilaridade, coeficiente de resistência à difusão de vapor, porosimetria de mercúrio, saturação/libertação de água, condutividade térmica e controlo de humidade (MBV – Moisture Buffer Value). A determinação do MBV foi segundo os parâmetros estabelecidos pelo NordTest, onde a amostra é exposta durante 8 horas a 75% de humidade relativa e 16 horas a 33% de humidade relativa, a 23ºC durante cinco dias. Aferiu-se também, a coerência dos resultados obtidos em trabalhos anteriores e no presente do controlo de humidade, através do uso de materiais já estudados no projecto NordTest.

In this study mortars with porous structure were used to control the relative humidity in a closed environment. To the standard mortar, based on lime and cement, various adjuvants were added in different proportions. The adjuvants used were expanded vermiculite, aluminum expansive powders and sodium polyacrylate, in order to change the porous structure of the mortar. The introduction of these adjuvants changes the properties of mortar, as such as different formulations were subjected to tests on fresh and hardened state. The % of mixing water, % of air included and density were determined for the fresh mortar. The hardened mortar was evaluated in relation to the weight and size changes, elasticity modulus, flexural and compressive strength, water absorption coefficient due to capillary action, water vapor diffusion resistance coefficient, mercury porosimetry, water saturation/release, thermal conductivity and humidity control (MBV – Moisture Buffer Value). The determination of the MBV was within the parameters established by NordTest project, where the sample is exposed for 8 hours at 75% relative humidity and 16 hours at 33% relative humidity at 23ºC for five days. The consistency of the results obtained in this study and previous works, was checked using materials already studied by NordTest project.
description: Mestrado em Engenharia de Materiais
URI: http://hdl.handle.net/10773/7205
appears in collectionsCV - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Tese_Bruno_Gonçalves.pdf2.58 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2