DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Escola Superior de Saúde > ESS - Artigos >
 A efectividade da mobilização passiva no tratamento de patologias do ombro
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/6905

title: A efectividade da mobilização passiva no tratamento de patologias do ombro
other titles: Effectiveness of passive mobilization in the treatment of shoulder pathologies
authors: Santos, A
Cunha, L
Silva, AG
keywords: Efetividade
Bainha rotadora
Mobilização
Síndrome de colisão do ombro
Tendinopatia
Effectiveness
Mobilization
Rotator cuff
Shoulder impingement syndrome
Tendinopathy
issue date: 2011
publisher: Uninove
abstract: Introdução: A dor no ombro é muito comum e o tratamento preferencial é a fisioterapia. Objectivo: Avaliar a efectividade da mobilização passiva na dor, força,amplitude de movimento e/ou função no tratamento de indivíduos com tendinopatias da coifa ou síndrome de colisão do ombro por meio de revisão sistemática de literatura. Métodos: Os estudos foram pesquisados na PubMed, Cochrane Library, Scielo, PEDro e Web of Science. Dois investigadores analisaram os artigos para determinar os trabalhos a incluir. A qualidade metodológica desses foi avaliada por meio da escala de PEDro e feita a sua caracterização detalhada. Resultados: Os resultados sugerem que a mobilização passiva quando aplicada em conjunto com outros tratamentos leva a significativa diminuição da dor e a melhoria da força e função. Conclusão: A mobilização passiva aplicada em conjunto com outros tratamentos parece ser uma mais valia no tratamento de tendinopatias da bainha rotadora e síndrome de colisão do ombro. São necessários mais estudos que confirmem esses resultados.

Introduction: Pain in the shoulder is very common and the preferential treatment is physiotherapy. Objective: To assess the effectiveness of passive mobilization on pain, strength, range of motion and/or function for patients with rotator cuff tendinopathies or impingement syndrome. Methods: Studies were sought from PubMed, Cochrane Library, Scielo, PEDro and Web of Science. Two investigators screened all studies for inclusion. Methods: Quality was assessed using PEDro scale and a detailed characterization of each study was made. Results: All studies show that the group that received the treatment package including passive mobilization showed statistically significant decrease of pain and improvements for function and strength when compared to the control group. Conclusion: A trend was found favoring the addition of passive mobilization to a treatment package of physiotherapy for decreasing pain and increasing strength and function, but a firm conclusion cannot be made.
URI: http://hdl.handle.net/10773/6905
ISSN: 1983-9324
publisher version/DOI: http://dx.doi.org/10.5585/ConsSaude.v10i2.2843
source: ConScientiae Saúde
appears in collectionsESS - Artigos

files in this item

file description sizeformat
2843-15646-2-PB[1].pdf588.14 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2