DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Quantificação de emissões de mercúrio provenientes de fontes naturais
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/670

title: Quantificação de emissões de mercúrio provenientes de fontes naturais
authors: Nunes, Bruno Luís Oliveira
advisors: Tchepel, Oxana Anatolievna
Nunes, Teresa
keywords: Engenharia do ambiente
Poluentes atmosféricos
Emissões atmosféricas
Mercúrio
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O mercúrio (Hg) pode ser emitido para a atmosfera por fontes antropogénicas e naturais, sendo as últimas indicadas como umas das maiores contribuidoras deste para o saldo atmosférico. Os principais objectivos do presente trabalho consistem na implementação de uma metodologia para quantificação das emissões de mercúrio provenientes de fontes naturais (solo, água e vegetação) e aplicação desta a um caso de estudo com a finalidade de obter um inventário anual e avaliar a distribuição espacial e temporal das emissões. A metodologia utilizada permite calcular as emissões de mercúrio por fontes naturais em função de dados meteorológicos, temperaturas da água e do solo e concentrações de mercúrio existentes no solo e na água. Os fluxos de mercúrio provenientes de fontes naturais foram calculados para a área do distrito de Aveiro tendo sido analisadas a sua distribuição temporal e espacial bem como a contribuição das fontes naturais para o saldo atmosférico. Os resultados apresentam uma significativa diferença entre os valores obtidos para o compartimento aquático e os restantes, sendo que os valores obtidos para a coluna de água são mais elevados devido aos elevados níveis de mercúrio que existem nesta. Os fluxos de mercúrio provenientes da água para a atmosfera variam de 21.37 a 58.33 ng·m-2·h-1, já os fluxos provenientes do solo com vegetação, solo nu e vegetação, variam de 1.17 a 1.23 ng·m-2·h-1, 0.15 a 1.71 ng·m-2·h-1 e 0.60 a 3.83 ng·m-2·h-1 respectivamente. Temporalmente, à excepção das emissões provenientes da água, os fluxos são mais elevados no período de Abril a Outubro. No distrito de Aveiro a vegetação e a água são os compartimentos ambientais que mais contribuem para os fluxos totais de mercúrio para a atmosfera. A contribuição total das fontes naturais no distrito de Aveiro foi estimada em 106.34 kg no ano de 2006. ABSTRACT: Mercury can be emitted into the atmosphere from both anthropogenic and natural sources, being the latter as one of the largest contributors to the atmospheric balance. The main objectives of this paper are the implementation of a methodology to quantify mercury emissions from natural sources (soil, water and vegetation) and its application to a case study in order to obtain an annual inventory and evaluate the spatial and temporal distribution of emissions. The used methodology calculates mercury emissions from natural sources according to meteorological data, water and soil temperatures and concentration of mercury in the soil and water. Mercury emissions from natural sources were calculated for the area of the district of Aveiro. Their temporal and spacial distribution as well the contribution of natural sources for the Hg atmospheric balance was also analyzed. The results show a significant difference between the obtained values for the aquatic compartment and the others. The obtained results for the water column demonstrate higher values due to the high levels of mercury present in water. The mercury fluxes obtained from water to atmosphere vary between 21.37 to 58.33 ng·m-2·h-1 and the fluxes from the ground vegetation, bare soil and vegetation vary from 1.17 to 1.23 ng·m-2·h-1, 0.15 to 1.71 ng·m-2·h-1 and 0.60 to 3.83 ng·m-2·h-1 respectively. Temporally, with the exception of emissions from water, fluxes are higher from April to October. In the Aveiro district, vegetation and water are the ones that most contribute to the total emissions of mercury into the atmosphere. The total contribution of natural sources in the Aveiro district was estimated at 106.34 kg in 2006.
description: Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10773/670
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000421.pdf1.74 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2