DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Intervenção psico-educativa em sobreviventes de cancro da mama
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/6240

title: Intervenção psico-educativa em sobreviventes de cancro da mama
authors: Araújo, Filipa Anjos de
advisors: Monteiro, Sara Otília Marques
Pires, Ana Carla Seabra Torres
keywords: Psicoterapia
Terapia do comportamento
Técnicas psicoterapêuticas
Cancro da mama: Aspectos psicológicos
Mulheres
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O cancro da mama é a neoplasia maligna mais comum entre as mulheres no mundo ocidental industrializado com elevadas taxas de mortalidade em todo o mundo. Os progressos técnicos e científicos na detecção precoce e tratamento do cancro da mama têm conduzido a uma diminuição significativa da mortalidade, determinando o aumento do número de sobreviventes. O cancro da mama assume uma preponderância cada vez maior, devido às repercussões para os sobreviventes aos mais diversos níveis: físico, psicológico, emocional, familiar e social. O presente estudo tem como objectivo perceber, clarificar e interpretar a forma como a aplicação de um programa psico-educativo está relacionada com variáveis como as estratégias de coping, psicopatologia e qualidade de vida, em sobreviventes de cancro da mama. Treze mulheres sobreviventes de cancro da mama, pertencentes à delegação de Aveiro do “Movimento Vencer e Viver”, do Núcleo Regional do Centro, da Liga Portuguesa Contra o Cancro (M=63,38; DP= 6,31) foram recrutadas e aplicou-se um protocolo psico-educativo de grupo para mulheres sobreviventes de cancro da mama. O impacto da intervenção psico-educativa foi avaliado através da administração dos instrumentos CCQ, EORTC, QLQ-C30, suplemento BR23 e EADH, no pré e pós intervenção. Dos resultados verificados destacamos que: (a) não foram observadas diferenças estatisticamente significativas ao nível das estratégias de coping, psicopatologia e qualidade de vida, entre os dois momentos de avaliação; (b) houve uma redução da ansiedade e uma melhoria ao nível da sintomatologia depressiva do primeiro para o segundo momento; (c) houve um aumento do funcionamento físico e emocional e da função cognitiva, e uma diminuição da fadiga do primeiro para o segundo momento. Em suma, o presente estudo revelou-se útil na medida em que verificou que é possível alcançar ganhos terapêuticos com a implementação de uma intervenção psico-educativa em mulheres sobreviventes de cancro da mama.

Breast cancer is the most common malignancy among women in industrialized Western word with high rates of mortality throughout the world. The technical and scientific progresses in early detection and treatment of breast cancer have led to a significant reduction in mortality, which increased the number of survivors. Breast cancer is of increasing domination due to the repercussions for the survivors at different levels: physical, psychological, emotional, social and family. This study aims to understand, clarify and interpret how the application of a psycho-educational program is related to variables such as coping strategies, psychopathology and quality of life in survivors of breast cancer. Thirteen women survivors of breast cancer, belonging to the delegation of Aveiro “Beat Movement and touch”, the Nucleus of the Centre of the Portuguese League against Cancer (M= 63.38, SD= 6.31) were recruited and applied protocol is a psycho-educational group for women survivors of breast cancer. The impact of psycho-educational intervention was assessed by administration of CCQ instruments; EORTC, QLQ-C30, BR23 and EADH add pre and post intervention. Of the findings highlighted that: (a) were not statistically significant differences in terms of coping strategies, psychopathology and quality of life between the two time points, (b) there was a reduction in anxiety and an improvement in the symptomatology depressing the first to the second moment, (c) there was an increase in physical functioning and emotional and cognitive function, fatigue and decrease in the first and the second time. In summary, this study was useful in that it found that treatment gains can be achieved with the implementation of a psycho-educational intervention for women survivors of breast cancer.
description: Mestrado em Psicologia - Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10773/6240
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Tese Filipa Araújo.pdf2.51 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2