DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Estudo da qualidade ecológica estuarina: macroinvertebrados bentónicos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/5779

title: Estudo da qualidade ecológica estuarina: macroinvertebrados bentónicos
authors: Hagy, Badrú Nordine
advisors: Rodrigues, Ana Maria Jesus
Quintino, Victor Manuel Santos
keywords: Ciências do mar
Ecologia aquática
Ecossistemas estuarinos
Macroinvertebrados
Macrofauna bentónica
issue date: 21-Jul-2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este trabalho tem como objectivo a caracterização das comunidades de macroinvertebrados bentónicos dos estuários do Neiva, Ave, Cávado, Douro e Ria de Aveiro, a avaliação do seu estado da qualidade ecológica e a variabilidade desta classificação em função da malha do crivo utilizado (1 mm e 0,05 mm). A caracterização das comunidades foi efectuada através da identificação das espécies e do estudo de variáveis como a riqueza específica, abundância e identificação de grupos de afinidade faunística. A avaliação do estado de qualidade ecológica foi essencialmente efectuada através da análise de índices uni e multivariáveis. Foram registados 142 taxa (na maioria dos casos, espécies) em 33498 indivíduos. O estuário do Douro foi o que apresentou o maior número de taxa (85). Os mais comuns e abundantes em todos os estuários foram: Nematoda n.i., Nemertea n.i., Streblospio shrubsolii, Capitella sp. (excepto Neiva), Clitellata n.i., Hediste diversicolor (excepto Ave). A comunidade situada, nos vários estuários, na proximidade da embocadura foi a que apresentou maior riqueza em taxa. Os resultados obtidos com crivos de malha 1mm e 0,5mm mostraram diferenças significativas para os índices A, S, d, H’, J’ e (1-λ’) (p <0,05; p <0,01 dependendo do local). O estado de qualidade ecológica dos estuários variou ao longo do gradiente estuarino sendo que as amostras com valores baixos de riqueza específica obtiveram níveis de classificação mais baixos. No geral, o tamanho da malha do crivo não influenciou a classificação do estado de qualidade ecológica

This study characterizes the benthic macrofauna communities in five estuaries from de North of Portugal, namely Neiva, Cávado, Ave, Douro and Aveiro and assesses their ecological quality status using a range of univariate and multivariate indices. The macrofauna communities were characterized using 1mm and 0.5mm mesh sieves. A total of 33498 specimens belonging to 142 species were identified. The species Nematoda n.i., Nemertea n.i., Streblospio shrubsolii, Capitella sp. (except in Neiva), Clitellata n.i. and Hediste diversicolor (except in Ave) were the most common and abundant. Furthermore, species richness shifted along the estuarine gradient, from high (downstream) to low (upstream). The indices A, S, d, H’, J’, (1-λ) showed significant differences between sieve mesh size for the same location (p <0.05; p <0.01). In general, the samples with lower species richness were also classified with the lowest ecological quality status. The change in sieve mesh size did not influence the global pattern of the estuaries ecological quality status.
description: Mestrado em Ciências do mar
URI: http://hdl.handle.net/10773/5779
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
5087.pdf1.07 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2