DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Comunicação e Arte > ID+: Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura > ID+ - Comunicações >
 Marca: uma metodologia para avaliar o desenho e seus impactos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/5379

title: Marca: uma metodologia para avaliar o desenho e seus impactos
authors: Sousa, Álvaro José Barbosa de
Lopes, Maria da Conceição Oliveira
keywords: Marca
Design
Metodologia
Comunicção Institucional
issue date: Apr-2011
publisher: COPEC – Science and Education Research Council
abstract: O processo de criação de marcas - branding - decorre do trabalho de uma equipa de especialistas com perfis disciplinares diferenciados. Comunicação, marketing, naming e o design são alguns dos campos que influenciam a construção da identidade da marca. Agente agregador de diversas sensibilidades, o designer elabora conexões entre os vários conceitos que ganham visibilidade nos argumentos que defende. A liderança, neste processo, é um traço da sua actuação. No entanto, o designer é, muitas vezes, subestimado, devido à sua visão de especialista do “fazer” em detrimento do “argumentar”, ainda que lhe seja reconhecida a competência que domina, o desenho, onde o seu pensar se operacionaliza e se manifesta. Para reforçar e distinguir o desempenho do designer construiu-se uma metodologia para a avaliação da força comunicativa da marca. Obter e codificar as orientações do público alvo, criar uma fonte de informação pertinente, fazer a análise, interpretar os resultados e elaborar os argumentos são fases iterativas que fundamentam as várias decisões. Assim, conhecer o que os destinatários da marca – os consumidores – entendem e esperam da marca pode reforçar a compreensão, o impacto e a competitividade da marca, nos mercados e contribuir para a afirmação dos argumentos do designer entre outros especialistas que operam na comunicação institucional.

The process of creating brands is developed by a multidisciplinary team of skilled professionals. Communication, marketing, naming and design are some of the fields influencing any brand identity. Aggregating agent of multiple sensibilities, the Designer crafts relations among all concepts that gain visibility in the arguments he defends. Leadership is his standpoint. And yet the Designer is often underestimated due to his “doing” rather than “justifying”. A methodology to strengthen, differentiate, and judge the Designer’s brand communication power has been built up. Collect and codify target audience points of reference, generate a data source, scrutinize, interpret results and set up the final arguments are interactive parts of his groundwork. In other words, to know what the brand consumers grasp and hope to find in a brand may reinforce its comprehension, impact and competitiveness in the markets, thereby contributing to strengthen the Designer’s arguments face to other experts within institutional communication.
URI: http://hdl.handle.net/10773/5379
ISBN: 978-85-89120-91-3
source: WCCA 2011 – IV Word Congress on Communication and Arts
appears in collectionsDECA - Comunicações
ID+ - Comunicações

files in this item

file description sizeformat
018.pdfWCCA2011 PDF artigo completo477.37 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2