DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 Síndrome de Diógenes: revisão sistemática da literatura (1960-2010)
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/5292

title: Síndrome de Diógenes: revisão sistemática da literatura (1960-2010)
authors: Almeida, Rosa Maria Resende de
advisors: Ribeiro, Óscar
keywords: Gerontologia
Pessoas idosas
Perturbações do comportamento
Demência senil
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Os meus agradecimentos são dirigidos a todos os que de forma directa e indirecta tornaram possível a concretização deste trabalho: Ao Professor Doutor Óscar Ribeiro, orientador científico deste trabalho, pelo incentivo, paciência e disponibilidade que sempre manifestou, pela competência e rigor, pela partilha de conhecimentos, conselhos e sugestões atempadas e construtivas que muito contribuíram para a realização da dissertação. O meu bem-haja por tudo! Ao Dr. John Snowdon e ao Dr. Colm Cooney pela receptividade, entusiasmo e cooperação neste trabalho, bem como a todos os autores que colaboraram na facilitação do acesso a uma pesquisa mais alargada e enriquecedora. A todos os meus colegas de licenciatura e mestrado pelas oportunas manifestações de companheirismo e de encorajamento, bem como a todos os professores que nos acompanharam nesta longa caminhada. À direcção e profissionais das instituições que nos acolheram calorosamente nos estágios da licenciatura e em projectos do mestrado, por nos possibilitarem um processo de aprendizagem autêntico que me motivou a continuar. A todos as pessoas idosas com quem me tenho cruzado na minha vida por me ajudarem a marcar o caminho que decidi percorrer e que são a explicação do meu sentido de cidadania e espírito inquieto. Em especial à Sra. Lurdes por me fazer olhar para a Síndrome de Diógenes com atenção e determinação. À Ângela, minha companheira em aventuras, pelo apoio nesta jornada. Ao João por toda a paciência, motivação e cumplicidade constantes. E por fim à minha família, pelo “animismo” sempre demonstrado, em todos os momentos. A todos, o meu profundo agradecimento!

CONTEXTO: A Síndrome de Diógenes (SD) é um problema complexo de interesse crescente a nível internacional pela sua relevância no âmbito clínico e social, mas que apresenta muitas inconsistências na sua definição operacional, bem como ao nível da sua etiopatogenia. Caracteriza-se por uma quebra e rejeição de padrões sociais observados no descuido severo com o cuidado pessoal e habitacional, no abandono progressivo do contacto social, na falta de pudor e reduzido insight para o problema, bem como no comportamento de acumulação de objectos e lixo. Muitas hipóteses explicativas foram desenvolvidas, porém, nenhuma é reconhecida como soberana pela complexidade associada ao fenómeno e dificuldade em estudar esta população. OBJECTIVO: Esta revisão sistemática da literatura sobre a SD pretende contribuir para sistematização das evidências científicas sobre o fenómeno e para a sensibilização dos profissionais de saúde e de áreas sociais quanto a esta síndrome. METODOLOGIA: Foi realizada uma ampla pesquisa da literatura sobre a Síndrome de Diógenes [1960-2010] na língua Inglesa, Francesa, Espanhola e Portuguesa, complementada com pesquisa de nomenclatura relacionada. Dos 180 documentos identificados foram considerados 109 para análise. Este trabalho decorre de um método misto de análise da literatura assente numa grelha de análise construída para o efeito, com destaque para a sistematização dos dados oriundos da casuística encontrada (67 relatos de caso). A reunião de resultados da literatura e dos resultados da casuística permitiu produzir uma síntese de evidências e reflectir sobre tendências expressivas e resultados controversos. RESULTADOS: A análise casuística apresenta casos de SD com prevalência em sujeitos idosos (84%), solteiros (44%), mulheres (66%), que habitam sozinhos (64%), em apartamento em meio urbano, em habitações com graves deficiências quanto a condições elementares de habitabilidade, sendo usualmente referenciados por vizinhos ao sistema de saúde em resultado de situações de risco para o próprio ou para terceiros. Os critérios determinantes para a identificação da SD foram o isolamento social, a auto-negligência física e a habitacional, permanecendo em dúvida se a conduta acumuladora deve ser apreciada como critério estruturante. Dois terços dos relatos descrevem diagnósticos psiquiátricos que parecem contribuir para a apresentação da SD, destacando-se a demência, a perturbação obsessivo-compulsiva e a perturbação de personalidade. As modalidades de intervenção descritas incluíram o internamento voluntário e o compulsivo, o tratamento farmacológico e a intervenção integrada na comunidade. CONCLUSÃO: A SD apresenta-se efectivamente como uma Síndrome que congrega etiologia multifactorial. A síndrome compartilha factores de risco com outras síndromes, parece apresentar efeitos importantes sobre as taxas de mortalidade e ostenta algumas evidências que apontam para uma forte relação com o declínio cognitivo e funcional. Outras evidências indicam ainda que esta entidade apresenta contornos distintos entre os jovens e os idosos, com a manifestação de diferentes factores predisponentes e precipitantes, suportando a conjectura que a SD deve ser considerada como um fenómeno essencialmente geriátrico. Os principais obstáculos à intervenção na SD são o isolamento marcado e a recusa de apoio que parece revelar, sobretudo, o desequilíbrio entre as necessidades do sujeito com SD e a forma como os serviços são estruturados e oferecidos.
description: Mestrado em Gerontologia: revisão sistemática da literatura (1960-2010)
URI: http://hdl.handle.net/10773/5292
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
5107.pdf1.43 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2