DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Geociências > GEO - Teses de doutoramento >
 Prospecção e pesquisa de recursos hídricos subterrâneos no Maciço Antigo Português: linhas metodológicas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/5016

title: Prospecção e pesquisa de recursos hídricos subterrâneos no Maciço Antigo Português: linhas metodológicas
authors: Carvalho, José Martins
advisors: Rocha, Fernando Tavares
keywords: Hidrogeologia
Recursos hídricos - Portugal
Águas subterrâneas
Águas termais
Águas minerais
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O Norte e Centro do Maciço Antigo de Portugal são ocupados por rochas granitóides e metassedimentares onde estão instalados aquíferos descontínuos, utilizados no consumo humano, público e privado, e em actividades industriais e agrícolas. Ocorrem, também vários balneários termais, usando águas termominerais (temperaturas até 76 ºC) e oficinas de engarrafamento de águas minerais naturais e de nascente. Nalguns locais, onde os recursos e a procura convergem, é realizada utilização geotérmica no aquecimento urbano. A actividade de pesquisa e captação é muito intensa mas a prospecção com aplicação de técnicas científicas adequadas reduz-se ao domínio das águas minerais naturais e de nascente e recursos geotérmicos. A fracturação é o factor determinante na produtividade hídrica destas rochas, mas a respectiva distribuição regional pode ser aproximada a partir da litologia. Os grandes acidentes tectónicos regionais desempenham um factor de favorabilidade nos caudais, mas é a conectividade da fracturação à escala do afloramento a controlar as produções. Os caudais de exploração de longo prazo em furos verticais apresentam valores medianos de 0,74l/s nas rochas metassedimentares quartzíticas e de 0,02 l/s nas rochas granitóides. O Coeficiente de Redução de Caudal (CRC) é de 0,27 determinando caudais de exploração entre 1/3 a 1/4 dos caudais de perfuração, com martelo de fundo de furo. O inverso do Índice Metros Caudal (IMC) de uma dada área, determinável no terreno a partir dos metros totais perfurados e dos caudais obtidos, é equivalente à transmissividade mediana nessa área. O IMC serviu de base a uma proposta de cartografia hidrogeológica regional, incluindo a do custo da água. Os valores medianos da transmissividade são de 3,1m2/dia, nas rochas metassedimentares e de 1,7 m2/dia nos granitóides. As transmissividades mais altas nos pólos de captação de águas termominerais apresentam valores superiores, até duas ordens de magnitude, das dos locais de emergência das águas normais. Propõem-se metodologias de desenvolvimento dos recursos hídricos subterrâneos normais, e hidrominerais e geotérmicos, numa perspectiva científica integradora, adaptada à procura, orientada para as pessoas e respeitando os valores sociais, culturais e ambientais.

Metasedimentary and granitic rocks outcropping in northern and central Portugal hold discontinuous aquifers that are used for human, public and private needs, in addition to industrial and agriculture activities. Furthermore, several thermal spas are running regularly, some of them using thermomineral waters (temperature up to 76ºC), as well as natural mineral water and spring water bottling units. At some locations, where heating and resource needs overlap, some geothermal direct use operations are running normally. Groundwater exploration is rather important but the utilization of scientific tools is scarce, except for the spa, bottling and geothermal markets. Faulting is the major feature controlling productivity in these rocks, but the regional distribution can be achieved through lithology. Main tectonical accidents act as regional favourability factors but production is function of the fracture connectivity at a local level. Median long-term well capacities (only vertical drilled wells) range from 0,74 l/s in quartzite to 0,02 l/s in granite. The Coefficient of Reduced Capacity (CRC) is 0,27, say the existing long-term well capacity is ca. 1/3 to 1/4 of the air-flow production when drilling with down – the - hole hammer method. The inverse of the Meters Capacity Index (MCI) obtainable through the total drilled meters in a given area and the total well yield is equivalent to the median transmissivity in this area. The MCI was used to produce a proposal for the regional hydrogeological mapping, including water cost. Transmissivities median are as follows: 3,1m2/day in metasedimentary rocks and 1,7m2/day in granite. The higher transmissivities, located over the thermomineral occurrences, are of two orders of magnitude greater than those of normal waters. Development methodologies for groundwater, natural mineral water and geothermal resources are proposed considering a scientific integrated approach, taking into account the needs, but including social, cultural and environmental issues.
description: Doutoramento em Geociências - Hidrogeologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/5016
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
GEO - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
198054.pdf24.82 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2