DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Teses de doutoramento >
 Corpo, auto-eficácia e capacidade laboral: na senda do bem-estar docente
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4948

title: Corpo, auto-eficácia e capacidade laboral: na senda do bem-estar docente
authors: Castelo-Branco, Maria do Céu Anjos Simões Hall
advisors: Pereira, Anabela Maria de Sousa
Tavares, José Pereira da Costa
keywords: Ciências da educação
Profissão docente
Eficácia do ensino
Corpo humano - Aspectos sociais
Corpo humano - Aspectos psicológicos
Sociologia da educação
Psicologia da educação
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A nova concepção de Educação reveste-se de um grau de exigência cada vez maior. Mais do que nunca, torna-se fundamental diversificar estudos na busca de novos conhecimentos e estratégias que promovam o bem-estar docente. (Re)pensar a Educação é também pensar naqueles que a ajudam a dar forma e a tornam exequível – os educadores e professores. Este estudo tem como objectivo identificar a importância da relação do Corpo e da Imagem Corporal com a Actividade Docente, com a Auto-Eficácia Docente e com a Capacidade para o Trabalho e suas implicações no bem-estar docente. A amostra foi constituída por um total de 703 docentes dos vários níveis de ensino, pertencentes a jardins-de-infância, escolas e instituições do ensino superior de todo o país. Para recolha de dados foram utilizados, como instrumentos de avaliação, um questionário sobre o Corpo, Imagem Corporal e Actividade Docente - CICAD (Castelo-Branco & Pereira, 2000) cuja finalidade foi verificar a importância e a relação do corpo e da imagem corporal na actividade docente, uma escala sobre a Auto-Eficácia Docente (Schwarzer, Schimitz & Daytner, 1999) para percepção da auto-eficácia dos educadores e professores e um Índice de Capacidade para o Trabalho – ICT, desenvolvido pelo Finnish Institute of Occupational Health e traduzido e adaptado, para a população portuguesa e países de língua oficial portuguesa, por Silva e colaboradores (2000) cujo propósito foi verificar a capacidade para o trabalho dos educadores e professores. Os resultados obtidos evidenciam que o corpo e a imagem corporal se relacionam com a actividade docente e o bem-estar, que os educadores e professores revelam, tendencialmente, uma elevada auto-eficácia e que, de acordo com os valores internacionalmente padronizados, 3,3% da amostra apresenta um ICT Baixo, 28,7% um ICT Moderado, 47,6% um ICT Bom e 16,8% um ICT Óptimo. Neste sentido propomos a inclusão nos Cursos de Formação de Professores, de conteúdos que valorizem e aprofundem a expressividade do corpo na docência e que dotem os educadores e professores de estratégias e competências que promovam a sua auto-eficácia e a sua capacidade laboral. As principais limitações do trabalho associam-se à inexistência de estudos específicos que relacionem o corpo e a imagem corporal com a actividade docente e restantes conceitos, o que dificultou a análise comparativa. Sugerimos a realização de mais investigações no domínio das temáticas desenvolvidas.

The new concept of Education has had an increasingly higher level of demand. More than ever, it is crucial to diversify studies, in the quest for new knowledge and teacher well-being promoting strategies. (Re)Thinking Education is also thinking of those who help to shape it and to make it feasible – educators and teachers. This study intends to identify the importance of the relation of the Body and the Body-Image with Teaching Activity, with Teacher Self-Efficacy and with Working Ability and their implications in Teachers’ well-being. The sample consists of more than 703 teachers belonging to the several teaching levels: from kindergartens, schools and higher education institutions from the whole country (Portugal). Data collection was made resorting to assessment instruments, namely a questionnaire on Body, Body-Image and Educational Activity CICAD (Castelo- Branco & Pereira, 2002), whose purpose was to verify the importance and the relationship of body and body-image in teaching activity; it was also used a scale on Teachers’ Self-Efficacy (Schwarzer, Schmitz & Daytner, 1999), in order to verify the perception of educators’ and teachers’ self-efficacy; the last instrument that was used was the Work Ability Index (WAI), developed by The Finnish Institute of Occupational Health that was translated and adapted for the Portuguese population and Portuguese speaking countries, by Silva and collaborators (2000), with the purpose of verifying the ability to work among educators and teachers. The obtained results indicate that body and body-image are related to teaching activity and well-being in teaching. It shows also that educators and teachers display a tendency towards high self-efficacy. According to the international standard, 3,3% of our sample presents a Poor ICT; 28,7% a Moderated ICT; 47,6% a Good ICT; and 16,8% present an Optimal ICT. Therefore, the inclusion of contents in training courses for teachers, such as those that value and deepen body expression in teaching and provide educators and teachers with strategies and skills that enhance their selfefficacy and working ability is encouraged. The main limitations of this study concern the inexistence of specific studies that relate body and body-image with the teaching activity and further related concepts, which made comparative analysis rather difficult. Further investigation within the mentioned areas is strongly suggested.
description: Doutoramento em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10773/4948
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
DE - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
206583.pdf2.17 MBAdobe PDFview/open
Restrict Access. You can Request a copy!
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2